Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

07/08/2008 - Portal Amazônia Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícias Civil e Militar prendem falsa cartomante e casal de traficantes


MANAUS - O desespero de Zeina Santos da Costa, 19 anos, para resgatar o amor do pai de seu filho resultou na prisão da falsa cartomante Nataly de Oliveira Silva, 36 anos, e do casal Eduardo Fonseca Fernandes e Lilian Maria Rodrigues da Silva (conhecida como Santinha).

Os três foram presos na tarde desta quarta-feira, 6 de Agosto, por policiais da 10° Cicom e investigadores do 10° DIP (Distrito Integrado do Polícia). Nataly, que esta no quinto mês de gravidez, foi indiciada por estelionato e vai responder em liberdade e o casal encaminhado à Cadeia Raimundo Vidal Pessoa, por tráfico de drogas.

De acordo com Zeina Costa, tudo começou quando ela aceitou os serviços de “cartomancia”, “vidência” e “trabalhos em encruzilhadas” oferecidos por Nataly, ambas moradoras do bairro Alvorada.

A promessa era que, por meio das mandingas, o pai do filho de Zeina voltasse a amá-la. Desesperada ela contratou o trabalho. Em troca do despacho, entregou peças de roupa, dois vidros de perfume, três celulares Motorola, dois CDs da dupla Bruno e Marrone, um aparelho de DVD e teria que rezar 14 orações para ter o homem de volta.

Zeina contou à polícia que, após orar e não ver o resultado procurou a “falsa cartomante” e foi informada pelos vizinhos da mesma que ela é acostumada a enganar pessoas.

- Aí saí desesperada para ter meus pertences de volta. Foi quando encontrei com ela na rua e a reconheci. Por sorte os policiais iam passando e gritei por eles, contou.

Apreensão

Na delegacia, Nataly prometeu levar os policiais ao local onde deixou os pertences da cliente. Ao chegar na rua Amazonas, n° 15 (conhecida como Beco Brasil), bairro Santo Agostinho, o casal Eduardo e Lilian, entregaram os objetos, mas foram surpreendidos com voz de prisão, pois os policiais encontraram em uma lata de farinha, uma bolsa de criança contendo 107 papelotes de pasta base de cocaína e uma trouxa de maconha.

Segundo a delegada titular do 10° DIP, Nataly vai responder pelo crime de estelionato porque ao negociar com a vítima ela já sabia a finalidade que daria aos objetos. O casal vai responder por tráfico de drogas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 251 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal