Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

30/07/2008 - Diário do Grande ABC Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia prende bando que roubava cartões de banco

Por: Luciano Cavenagui


A Polícia Civil de São Bernardo desmantelou terça-feira uma quadrilha de estelionatários especializada em desviar cartões bancários e usar documentos falsos para fazer compras. Em seis meses, o grupo desviou cerca de R$ 500 mil. Seis pessoas foram presas, entre elas, os dois donos de uma distribuidora dos cartões.

Ontem, na empresa, os policiais encontraram aproximadamente 1.000 cartões nessas condições. A polícia informou que o golpe tinha participação direta da empresa Especial Express, sediada no bairro Serraria, em Diadema, responsável pela distribuição, na região, de cartões de um grande banco. Os donos, Luciano Vieira dos Santos, 30 anos, e Marcos Oliveira Cerqueira, 36, foram detidos trabalhando. No local, ainda foi apreendida uma pistola 380.

Os clientes que não eram achados nos endereços tinham os cartões desviados. O procedimento correto seria devolvê-los ao banco.

Com os cartões em mãos, o próximo passo do esquema era arrumar documentos falsificados com o nome do cliente, incluindo RG, CPF e CNH (Carteira Nacional de Habilitação), entre outros.

A investigação apurou que quem confeccionava os documentos era Josafá Viana dos Santos, 50, que já tinha passagem policial por estelionato. Seu ‘escritório' funcionava em um apartamento na Cohab Tiradentes, Zona Leste da Capital.

Os policiais apreenderam ontem no apartamento computadores com programas para falsificar documentos, além de impressoras de alta resolução. Dezenas de produtos comprados por meio da fraude também foram achados lá, como TVs de plasma, computadores, eletrodomésticos e roupas.

"Esses produtos eram adquiridos no sistema ‘meia-nota', ou seja, pessoas procuravam os estelionatários para solicitar as mercadorias, que eram repassadas pela metade do preço da loja", afirmou o delegado seccional de São Bernardo, Marco Antônio de Paula Santos.

Quem geralmente comprava no comércio os produtos eram Ângela Maria Aparecida dos Santos Barbosa, 47, e Érica Ribeiro de Lima, 31. Ambas foram presas, como também Eduardo Rodolfo Garcia, 30, funcionário da Especial Express.

"Nós não temos culpa. Não sabíamos do desvio dos cartões. Quem fazia isso devia ser o nosso empregado", defendeu-se Luciano Vieira dos Santos, um dos donos da empresa.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 243 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal