Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

29/07/2008 - Convergência Digital Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Intimação judicial por e-mail é vírus


Com o crescimento do uso da Web pelas camadas populares da sociedade, uma das artimanhas dos criadores de vírus é se aproveitar da boa índole das pessoas para enviar e-mails falsos como se fossem de órgãos públicos e da Justiça com mensagens sobre supostas intimações.

Estes e-mails são desenhados com logomarcas dos órgãos oficiais e com o linguajar tradicional dos termos jurídicos justamente para dar a impressão de legalidade e enganar as pessoas. Os ladrões atingem seus objetivos se os usuários de computadores não estiverem protegidos contra os ataques cibernéticos a partir da utilização de software antivírus atualizado e que ofereça a capacidade de proteção proativa.

Nos últimos semanas um spam enviado vem se fazendo passar por mensagem da Justiça com dois assuntos diferentes: "N.º 687/2008 URGENTE! PROCEDIMENTO INVESTIGATÓRIO N.º 687/200" e outro com "Despacho Ministério Publico e Justiça Federal”. Ambos possuem texto no corpo da mensagem simulando carta oficial e solicitando que fosse aberto um arquivo compactado onde o usuário poderia obter informações sobre os tais processos".

Ambos os arquivos descarregam o mesmo trojan, o Dadobra.AQC, criado para abrir a porta do PC para que os ladrões cibernéticos possam se utilizar de possíveis vulnerabilidades do PC e depois realizar o acesso remoto para a captura de dados pessoais e bancários dos usuários.

"Os órgãos públicos e instituições financeiras não enviam intimações nem cobrança por e-mail. Saber disso é o primeiro passo para que o usuário de PC possa estar um passo à frente em sua proteção contra os ataques cibernéticos", afirma Ricardo Bachert, presidente da Panda Security no Brasil.

"O segundo passo é não confiar e não abrir quaisquer arquivos anexados a mensagens de correio eletrônico de origem desconhecida. O terceiro passo é manter suas aplicações de segurança, software e sistema operacional permanentemente atualizados", completa o executivo.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 182 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal