Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

26/07/2008 - O Estado de Minas Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia prende golpistas no Centro de Belo Horizonte

Por: Thiago Ventura


A Polícia Militar prendeu cinco pessoas suspeitas de estelionato neste sábado em Belo Horizonte. O grupo estava há quatro dias na cidade e vendia produtos eletrônicos falsificados na Região Central. Os policiais apreenderam ainda 37 máquinas fotográficas e 28 rádios digitais, além de embalagens e etiquetas falsificadas.

De acordo com o sargento Adenílson Brito, do Grupo Tático Móvel do 1º Batalhão da PM, os golpistas compravam máquinas fotográficas analógicas em São Paulo por cerca de R$ 50 e as revendiam como se fossem filmadoras digitais, entre R$ 200 e 800. Para enganar as vítimas o grupo acondicionava os aparelhos nas caixas dos produtos originais e ainda pregava etiquetas do Extra e Carrefour, com preços falsos.

“Os suspeitos abordavam as pessoas e tentavam vender as máquinas, alegando que estavam em dificuldades financeiras. Eles mostravam notas nos valores de R$ 1,7 mil, mas negociavam o preço até conseguir passar o golpe”, conta o militar. Além das câmeras, o grupo também revendia aparelhos MP5, por cerca de R$ 400, que na verdade eram apenas rádios portáteis AM/FM com aparência do player.

Uma denúncia anônima no 190 levou a polícia até os estelionatários, que foram presos em um bar na rua São Paulo, no Centro da capital, um dos pontos aonde os produtos eram revendidos. Eles estavam com oito câmeras no momento da abordagem e o restante do material foi encontrado em um hotel nas proximidades.

Danilo César, de 26 anos, Adílson Rodrigues, 28, Luciene Santos, 28, Edmar Miranda, 33 e José Wilson, 28, foram presos e levados para a 1ª Delegacia Seccional Centro, no bairro Floresta. Os suspeitos são de Brasília (DF) e um deles tem passagem por roubo e porte ilegal de arma de fogo.

O grupo assumiu que praticava o crime e que já havia vendido vários aparelhos em Belo Horizonte. Policiais militares ainda fazem diligências na Região Central para tentar encontrar alguma vítima dos suspeitos para que seja caracterizado delito em flagrante.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 268 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal