Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

26/07/2008 - Jornal de Itupeva Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Mulher acredita no conto do bilhete e perde R$ 35 mil

Por: Ivan Marcos Machado


A aposentada J.L., de 74 anos, caiu no golpe do bilhete premiado. Ela entregou, para uma “velhinha”, e um homem que acompanhava a idosa, a quantia de R$ 35 mil, sendo US$ 16 mil pertencente ao filho que estava guardado em sua casa e o restante em reais, de suas economias ao longo da vida, que guardava na Caixa Econômica Federal.

Segundo J., o casal de golpistas é o mesmo que na semana passada enganou uma vizinha da Vila Hortolândia, levando a quantia de R$ 8 mil.

“Eu não sou retardada. Mas estou vivendo um pesadelo. Pergunto a Deus como é que eu fui cair no golpe. Eu estou com vergonha, não quero mais sair de casa”, disse, ontem, à tarde, bastante traumatizada.

Como foi o golpe

De acordo com J. ela desceu do ônibus no Terminal na Vila Hortolândia e caminhou até a sua casa. Na porta da residência apareceu essa “velhinha”, com cara de índia, magra, aparentando “uma caipirinha” e “sem informação”, que queria achar a loja de um homem para trocar um bilhete premiado da Loteria Federal.

Foi quando apareceu um homem e ofereceu ajuda. A mulher ofereceu à vítima um “prêmio” de R$ 3 mil, caso J. a ajudasse no saque do dinheiro na Caixa e precisaria de alguma garantia, para não ser roubada.

Tudo isso seria “uma prova de confiança”, explicou a golpista.

Parecia “coitadinha”

Durante todo o tempo em que esteve com a velhinha, J. disse que a mulher parecia ser “coitadinha” e “pobrezinha”.

O casal a levou em um carro que não conhece a marca até a agência da Caixa Econômica Federal, onde sacou tudo o que tinha nas economias, a quantia de R$ 10 mil. No banco, os funcionários do caixa deram a quantia sem questionar a vítima do motivo de levar tanto dinheiro para a rua, o que poderia ter feito “acordar” para o golpe.

Cheiro estranho

J. disse que o casal tinha um odor diferente. O cheiro dos dois a deixou meio “abobadada”. “Será que eles usaram alguma coisa? Eu estou vivendo um pesadelo e não sei que horas vou acordar. Perdi todo o meu dinheiro, tudo o que eu tinha na vida e também do meu filho. Não sou tonta. Eles fizeram alguma coisa. A minha amiga disse que também fizeram o mesmo com ela”.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 240 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal