Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

22/07/2008 - Gazeta Brazilian News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia de Dade prende 30 por fraude imobiliária


Desde janeiro, a polícia do condado de Miami-Dade prendeu 30 pessoas por fraudes em contratos de financiamento imobiliário, como parte de um esforço concentrado para eliminar a ocorrência deste tipo de crime.

O prefeito de Miami-Dade, Carlos Alvarez, anunciou que a prisão de 30 pessoas, sob a acusação de fraude, faz parte dos primeiros resultados do trabalho de uma força-tarefa que reúne iniciativas pública e privada, com o objetivo de eliminar os crimes de “colarinho branco”.
As prisões, ocorridas ao longo dos últimos seis meses, elevam para 56 o número de prisões relacionadas a este tipo de crime, desde que a força-tarefa foi formada, em setembro do ano passado.

Profissionais do mercado imobiliário (real estate), incluindo agentes, (mortgage brokes) e avaliadores, estão entre os detidos, assim como pessoas que venderam suas identidades para a realização dos contratos.

- O que realmente é perturbador é que você vê a fraude ocorrendo em todos os níveis”, disse Alvares, observando que os oferecedores de empréstimos (bancos e financeiras), também são responsáveis por liberar os financiamentos sem confirmar a identidade dos tomadores de empréstimo ou as informações sobre os candidados aos financiamentos.

O Federal Reserve Board – Fed (Banco Central norte-americano) publicou, na segunda-feira(14), novas regras exigindo que os bancos e empresas de financimaento imobiliário passem a verificar a renda e o patrimônio dos tomadores de empréstimos, a fim de evitar abusos e fraudes. A Flórida ocupa o primeiro lugar no ranking de fraudes imobilárias e o segundo no de foreclosures (processo de retomada do imóvel por falta de pagamento), em todo o País.

- A crise do mercado imobiliário não tem nada a ver com a economia, mas sim com o volume de fraudes que tomaram conta da nossa comunidade – disse Álvarez. No início deste ano, legisladores estaduais aprovaram legislação tornando mais rígidas as punições para crimes de fraude imobiliária, e exigindo que as autoridades notifiquem os avaliadores acerta dos imóveis potencialmente alvo de fraudes. Os avaliadores devem, a partir daí, considerar se o imóvel deve ser reavaliado para efeito de impostos. A lei entrou em vigor, em 1° de julho.

Glen Theobald, conselheiro legal chefe do departamento de Polícia de Miami-Dade, disse que 45 casos já foram encaminhados ao avaliador do condado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 181 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal