Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

21/07/2008 - ComputerWorld Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Ex-gerente da Microsoft pega 22 meses de cadeia por fraude


A mulher que era responsável pelo gerenciamento dos nomes de domínios (DNS) da Microsoft - empresa cujo fundador recentemente anunciou a aposentadoria - foi condenada a passar dois anos na prisão por fraudar a empresa em 1 milhão de dólares.

Carolyn Gudmundson, 46 anos, que era gerente de programas na divisão MSN na Microsoft, confessou a culpa em janeiro. Ela admitiu ter usado sua posição dentro da empresa para executar várias fraudes com notas e pagamentos entre 2000 e 2004.

Na sexta-feira (18/07), ela foi julgada e condenada a passar 22 meses de prisão, seguida de três meses de liberdade assistida, além de ser obrigada a pagar 923,64 mil dólares em restituição.

De acordo com a corte, Carolyn usou seu cartão corporativo da American Express para pagar taxas de nomes de domínios, mas depois submetia cópias das faturas com valores maiores. Ela também cobrou da empresa nomes de domínios que a Microsoft já havia pago.

Em outra ação, ela convenceu um contratante da Microsoft, a Marksmen, a enviar cheques em seu nome, argumentando que eles seriam usados para pagar um funcionário da Microsoft, G.M. Lossman. Esses cheques foram encontrados na conta bancária da mãe da executiva, de acordo com o departamento de justiça norte-americano.

Em seu julgamento, o juiz distrital Ricardo S. Martinez sugeriu que a sua condenação servisse de exemplo. “Outros funcionários que têm oportunidades similares de colocar as mãos nos recursos financeiros das empresas precisam entender que a sociedade encara esse tipo de crime de forma muito séria”, afirma.

A profissional também estava envolvida em um incidente em 1999, quando 60 milhões de usuários do e-mail hotmail ficaram offline. A interrupção no serviço do Hotmail aconteceu quando o domínio do passport.com, cujo acesso precisava ser feito pelo Hotmail, não foi renovado. Naquela época, Carolyn era responsável pelo registro de domínios na MS.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 211 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal