Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

11/07/2008 - A Tarde Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Estelionatário é preso em ação do MP


O estelionatário Carlos Jordan Marques Costa foi preso, na última terça-feira, dia 8, em uma operação realizada pelo Ministério Público Estadual (MP), com o apoio da Polícia Militar, no município de Campo Formoso.

De acordo com o MP, Dizendo-se autor de nove livros, formado pela Universidade de São Paulo (USP), membro da Secretaria Nacional Antidrogas (Senad), instrutor da Polícia Federal e presidente do Centro Brasileiro de Pesquisa e Prevenção ao Uso de Drogas, Carlos estava realizando palestras nos municípios da região, pelas quais cobrava cerca de R$ 1.500,00.

O MP começou a desconfiar da atuação de Carlos Costa após ele realizar uma palestra sobre drogas direcionada a promotores de Justiça, juízes e autoridades do município e, apesar de informar que só retornaria à região depois de alguns anos, estaria lá logo nas semanas seguintes. Passadas três semanas do dia da palestra, a promotora Renata Dacach, que atua na área da Infância e Juventude, soube que o estelionatário estava em Campo Formoso e resolveu recebê-lo na Promotoria para adquirir um CD e um DVD que faziam parte do Kit que Carlos vendia.

Com os dados apresentados pelo palestrante no Kit, a promotora de Justiça resolveu, então, realizar uma busca na Internet para confirmar as informações que tinha em mãos. Não foi constatado seu nome em nenhum dos órgãos dos quais ele dizia fazer parte, o que motivou um pedido de auxílio ao coordenador do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça Criminais (Caocrim), promotor de Justiça José Renato Oliva de Mattos, que descobriu que Carlos respondia a processo em Ribeira do Pombal pelos mesmos fatos, onde estava com pedido de prisão preventiva decretado pelo crime de estelionato.

Segundo o MP, o estelionatário realizou palestras para comandos da Polícia Militar em Senhor do Bonfim, Campo Formoso e Filadélfia, e tinha apresentações agendadas em vários outros municípios. Carlos, ao fim das suas palestras, vendia um Kit no valor de R$ 583,00. Ainda conforme a promotora de Justiça, já existe a confirmação de que ele não é membro do Senad e nem pertence aos quadros da Polícia Federal.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 575 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal