Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

11/07/2008 - O Estado de São Paulo / Ag. Estado Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Blitz contra pirataria tem 5,5 milhões de produtos apreendidos


SÃO PAULO - Quase 5,5 milhões de produtos piratas foram apreendidos em todo o Estado pela Polícia Civil na Operação Capitão Gancho, de combate à pirataria. Só no Centro da Capital foram cerca de 2 milhões de apreensões. Entre os produtos estavam roupas, brinquedos, óculos e objetos eletrônicos. Boa parte da mercadoria foi fabricada na China. Oitenta e quatro pessoas foram presas.

Cerca de 6,3 mil policiais participaram, em todo o Estado, da operação que começou às 6h de ontem e se estenderia até o fim da noite. Até um helicóptero e uma lancha foram usados na ação. As cidades em que mais houve apreensões foram a Capital, Santos, Sorocaba, São José dos Campos e Ribeirão Preto.

Em São Paulo, foram estourados depósitos de produtos ilegais na Rua 25 de Março e na Rua Florêncio de Abreu, que abasteciam os camelôs da região central. Somente em um galpão da Florêncio de Abreu foram apreendidos 1,5 milhão de itens. 'A 25 de Março é o maior pólo irradiador de pirataria do País', disse o delegado Fernando Schmidt, da 1ª Seccional (Centro).

Para o delegado-geral, Maurício Freire, o primeiro objetivo da operação foi o de mobilizar o maior número possível de homens, a partir das 20h de anteontem . 'O segundo ponto foi medir a capacidade de articular os setores de inteligência e reunir informações para levar adiante a operação, que teve foco no combate à pirataria', disse.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 226 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal