Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

05/07/2008 - Correio da Manhã Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Burlão engana a própria família

Por: José Paiva


Um homem vendeu há 11 anos um terreno da sua família sem autorização, prejudicando-a em 500 mil euros. Em 2005 foi condenado por vários crimes, mas só foi detido há um mês. Agora quer usar a nova legislação penal para escapar à cadeia. Os lesados estão revoltados.

Virgílio Godinho, condenado em 2005 a quatro anos de prisão pelos crimes de abuso de confiança e de falsificação de documentos, foi ouvido na quinta-feira no Tribunal da Guarda, onde alegou que não se apresentou para cumprir a pena por desconhecer a decisão final dos tribunais de recurso.

Foi condenado por ter lesado a família Amado, da qual faz parte, em mais de 500 mil euros, com a venda de um terreno que não lhe pertencia. O caso foi descoberto em 1997, quando elementos da família se aperceberam de que já não eram os donos de um terreno onde funcionou uma fábrica de transformação de madeiras, na Guarda. Segundo um dos lesados, Virgílio Godinho, empresário de 60 anos, "falsificou documentos e elaborou actas falsas para tomar posse ilegítima dos bens quando faleceu um dos administradores da empresa". Virgílio Godinho, preso desde finais de Maio, procura agora escapar à prisão, beneficiando da nova legislação penal, que permite a liberdade em penas inferiores a três anos (já beneficiou de uma amnistia que reduziu a pena inicial).

Os lesados estão revoltados com a hipótese de o familiar sair da cadeia. "Abusou da nossa confiança, vendeu terrenos sem prestar contas. É uma repulsa grande", declara peremptoriamente um deles. O Ministério Público já terá pedido a suspensão da execução da pena de prisão.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 277 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal