Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

28/08/2006 - Bonde News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia prende homem com R$ 17 mil em notas falsas

Por: Heloísa Prado


O Centro de Operações Policiais Especiais (Cope) prendeu, no final da tarde de sexta-feira (25), Francisco Elimar Silveira de Farias, 49 anos, acusado de transportar uma sacola com cerca de R$ 17 mil em notas falsas. Ele foi até o Centro de Curitiba, onde foi interceptado pela polícia. "Recebemos a informação de que ele estaria intermediando uma remessa de notas falsas. Montamos campana com policiais à paisana e conseguimos detê-lo e apreender as notas", relatou o delegado Rodrigo Brown de Oliveira.

Francisco foi detido, por volta das 17h, no Centro de Curitiba. Ele foi reconhecido pelas descrições fornecidas na denúncia. "Na sacola estavam os R$ 17 mil, em notas falsas de R$ 10. A falsificação era de boa qualidade e uma das poucas coisas que as diferencia da original é a falta da marca de água, que pode ser vista quando a nota é colocada contra a luz", revelou Oliveira.

Segundo o delegado, Farias recusou-se a dizer de onde veio o dinheiro. "Só disse que era responsável por entregar este dinheiro e receberia um dinheiro pelo serviço da entrega, mas não revelou quem era o destinatário final", complementou. A polícia agora continua investigando para descobrir quem seria o destinatário das notas e quem é o responsável pela fabricação do dinheiro.

Farias vai responder pelo crime de moeda falsa, que prevê reclusão de três a 12 anos, além de multa judicial. Segundo o delegado, ele já responde a sete inquéritos policiais, a maioria por estelionato.

Cuidados - O delegado Rodrigo Brown de Oliveira pede para que as pessoas fiquem atentas ao receber notas de R$ 10 no comércio, já que o dinheiro falso deve estar circulando no mercado. Segundo ele, quem recebe uma nota falsa e consegue identificar que o dinheiro não é verdadeiro, deve registrar um boletim de ocorrência na delegacia mais próxima, ou na Polícia Federal, e entregar o dinheiro. "Desta forma é possível iniciar uma investigação, a partir do comércio que repassou a nota falsa à vítima", relatou.

Segundo ele, se uma pessoa recebe uma nota e depois descobre que ela é falsa e, mesmo assim, a passa para frente, pode ser penalizado. "Pode ser condenado de seis meses a dois anos de detenção, já que foi conivente com o crime de falsificação", disse. Ele alerta as pessoas para que observem sinais identificadores, como marcas d´água, fibras coloridas espalhadas em toda a nota ou textura do papel antes de receber ou repassar uma nota. "É importante verificar também o Registro Coincidente. Olhando a nota contra a luz, o desenho das armas nacionais deve se ajustar exatamente ao desenho semelhante que se encontra do outro lado da cédula. Estes cuidados podem evitar problemas futuramente", complementou. (AE Notíciais)

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 527 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal