Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

27/06/2008 - Gazeta Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia estoura laboratório de falsificação de documentos na Grande Vitória

Por: Lucas Monteiro


Na noite desta quinta-feira (26) uma quadrilha de estelionatários que atuava nos municípios da Grande Vitória foi presa em ação conjunta das polícias civil e militar. Jeferson Maurício da Silva, 33, Cristiano Pereira de Oliveira, 31 e Eraldo de Paulo Bento, 41, além de um menor e um advogado recém-formado, são acusados de manter um laboratório de falsificação de documentos, clonagem de carros e aplicação de golpes em comércios utilizando os documentos que eles mesmos produziam. A grande quantidade de material apreendido chamou atenção dos policiais.

De acordo com o Tenente Arcanjo, do Departamento de Polícia Judiciária de Cariacica (DPJ), a quadrilha foi descoberta depois que um dos membros tentou fazer o cartão de um supermercado em Campo Grande, em Cariacica. “Na hora em que a atendente solicitou o documento, o rapaz se enrolou escolhendo qual documento utilizar e acabou deixando a mostra mais de uma identidade com a foto dele. Percebendo isso, a funcionária acionou a polícia militar, que rapidamente interveio, descobrindo toda a quadrilha”, disse.

Questionado pelos policiais, o rapaz informou como e com quem conseguiu tais documentos, que eram fabricados numa residência situada em Jardim Tropical, no município de Serra. Enquanto um grupo de policiais agia no município de Serra, outro grupo tentava localizar o suposto tesoureiro da quadrilha em Cariacica, que ainda não foi encontrado.

Em Serra foram encontrados dois automóveis (modelos Del Rey e Pálio), uma máquina plastificadora, três almofodas para carimbo, folhas para plastificação, duas carteiras de trabalho (sendo uma em branco), dois passaportes (que incluíam vistos para Índia e Canadá), duas carteiras de motoristas (sendo uma internacional), 17 celulares, 15 chips, uma máquina fotográfica digital, um computador, um gravador de DVD, 23 CD´s virgens, R$3,580 em espécie, 16 cartões de crédito, 32 folhas de cheque de diversos bancos (com valor total de R$2,041), diversos cartões de compras em lojas, além de diversos CPF´s, carteiras identidade e títulos de eleitor, com nomes, fotos e naturalidades diferentes.

A polícia suspeita que a quadrilha envolva ainda mais pessoas e que ainda há material para ser apreendido. “Pela quantidade de material eles já estavam atuando há bastante tempo. Acredito que eles utilizavam documentos que as pessoas perdiam e colocavam outras fotos, por isso, desconfiamos que os carros sejam clonados. Nem mesmo as identidades reais dos acusados nós podemos confirmar”, afirma o Tenente Arcanjo.

Os membros da quadrilha estão detidos no DPJ de Cariacica e as investigações continuam ao longo da semana.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 272 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal