Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

21/06/2008 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Preso falso professor que coordenava fundação ligada à UnB


RIO - A polícia prendeu neste sábado, em Brasília, um falso professor universitário. Marcelo Lima dos Anjos era procurado pela Justiça da Bahia por aplicar golpes milionários. Ele dava aulas no Departamento de Administração da Universidade de Brasília (UnB) e coordenava uma fundação de pesquisa ligada à universidade. Ele foi contratado durante a gestão do ex-reitor Thimothy Mulholland, que renunciou ao cargo em abril, depois de denúncias de irregularidades e má gestão do dinheiro público. O falso professor pode ser responsável pelo desvio de R$ 200 mil dos cofres da fundação.

Marcelo responde a quatro processos na Bahia, por estelionato. Em nome de autoridades, como o procurador-geral e o arcebispo de Salvador, ele arrecadou dinheiro com parlamentares e personalidades. Foi preso duas vezes e há um ano e oito meses estava em Brasília.

O estelionatário disse na delegacia que começou a dar aulas na UnB indicado por um professor e ex-diretor da Fepade, fundação de apoio responsável por gerir recursos do Nesp, o Núcleo de estudos em Saúde Pública da universidade. Menos de quatro meses depois, passou a integrar uma comissão criada com o objetivo de reerguer a Fepade, que passa por uma crise financeira, e, em um mês, se tornou coordenador da comissão.

- Ele vai responder por tentativa de estelionato, porque estava em curso um golpe contra as finanças da fundação de pesquisa, e nós investigar a fundo o que está por trás desse estelionatário - afirmou o delegado Miguel Lucena.

Foi um professor que desmascarou o estelionatário. Ao fazer uma busca com o nome dele na internet, a primeira coisa que apareceu foi uma notícia sobre a prisão dele na Bahia.

Ao ser preso, Marcelo acabou sendo flagrado cometendo outro crime: foi pego com um adolescente de 17 anos que sustentava há dois meses. Agora, ele vai responder também pelo crime de corrupção de menores.

A UnB vai instaurar sindicância para saber como Marcelo foi contratado. A universidade informou que ele não dava aula em turmas regulares, era apenas monitor.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 217 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal