Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

18/06/2008 - O Estado de São Paulo / Ag. Estado Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Falsos fiscais da Prefeitura são presos na zona sul de SP

Por: Ricardo Valota


SÃO PAULO - Os estelionatários Márcio Gonçalves de Campos, de 38 anos, e José Alvaro de Brito, de 51 anos, foram detidos na tarde de terça-feira, 17, por policiais da Delegacia do Capão Redondo (47ºDP). Os dois se passavam por fiscais da Prefeitura de São Paulo e, assim, arrancavam dinheiro de responsáveis por canteiros de obras na cidade.

Na terça-feira, usando um crachá de agente de apoio da Prefeitura, inclusive com sua foto, José Alvaro escolheu um canteiro de obras em fase inicial na Avenida 23 de Maio, na região do Ibirapuera, zona sul da cidade.

Brito, vestindo um jaleco azul, com a inscrição PMSP (Prefeitura Municipal de São Paulo) e um terceiro criminoso acompanhavam Alvaro. O trio entrou em contato com o proprietário da obra fazendo ameaças, dizendo que iria ser feita uma vistoria, mas que a inspeção poderia ser cancelada caso eles entrassem em um acordo.

O dono da obra então pediu um tempo, localizou o sócio e sua assessoria jurídica, que decidiram ligar para a Subprefeitura de Vila Mariana, responsável pela região do Ibirapuera. Funcionários da subprefeitura negaram conhecer os três supostos fiscais. Um dos donos da construção acionou policiais civis da delegacia próxima de sua casa, que sugeriram às vítimas que marcassem um encontro com os falsos fiscais.

Passando-se por um dos sócios, um dos policiais civis foi até o local combinado, em frente ao canteiro de obras, onde o trio foi detido assim que exigiu 3 mil reais para não fazer a vistoria. Ao receberem voz de prisão, os acusados correram. Um deles conseguiu escapar, mas Alvaro e Márcio acabaram presos e foram indiciados por estelionato, falsa identidade e usurpação de função pública. Alvaro já trabalhou de vigia na Subprefeitura de Ermelino Matarazzo (zona leste), de onde saiu em 2006.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 305 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2017 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal