Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

16/06/2008 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Dois são flagrados com CNH falsa e confessam ter pago R$ 2 mil pelo documento


SÃO PAULO - Dois homens foram detidos neste domingo pela Polícia Rodoviária Estadual na Rodovia Floriano Rodrigues Pinheiro, na altura de Pindamonhangaba, suspeitos de usar carteira de habilitação falsa. O documento havia sido tirado por um morador de São José dos Campos há seis meses. A dupla seguia para Campos do Jordão quando foi abordada.

O Policial Rodoviário desconfiou e os dois confessaram que tinham comprado as carteiras. Na delegacia, o dono do carro informou que comprou a carteira, mas que ainda não havia recebido o documento. Segundo o boletim de ocorrência, as carteiras foram compradas de uma pessoa identificada como "Paulo", em São José dos Campos, por R$ 2 mil. Elas foram feitas na capital paulista e seriam entregues pelo Correio.

O homem que acompanhava o motorista tinha carteira de habilitação, emitida na cidade de Ferraz de Vasconcelos, na Grande São Paulo. Investigações feitas pelo Ministério Público na unidade do Ciretran de Ferraz de Vasconcelos revelaram um esquema de fraude em carteiras de motorista usado em 37 cidades paulistas e que podem ter emitido mais de 20 mil documentos falsos.

A polícia checou a veracidade das informações e os dois possuem prontuários de habilitação emitidos pela Ciretran de Ferraz de Vasconcelos.

Na semana passada, 20 pessoas tiveram a prisão preventiva decretada por envolvimento na máfia das habilitações falsas de Ferraz de Vasconcelos. Cinco são policiais, os outros são médicos, psicólogos, donos e funcionários de auto-escolas.

Eles são acusados de integrar o esquema que fornecida carteiras a oito estados, até mesmo para deficientes visuais e analfabetos.

Os dois homens detidos em Pindamonhangaba foram ouvidos e liberados. Segundo a polícia, eles vão responder processo por falsidade ideológica. A polícia informou ainda que vai pedir o cancelamento das duas carteiras junto à corregedoria do Detran em São Paulo.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 251 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal