Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

12/06/2008 - Revista Fator Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Dos boletos ao DDA


Mensalidades de escolas, planos de saúde, condomínios, prestações, financiamentos de casas e veículos, essas cobranças geram em torno de 2 bilhões de boletos de papel por ano. Mas essa montanha de papel pode ser reduzida em até 40% com a utilização de meios eletrônicos. Além disso, os boletos físicos são mais sujeitos a extravio, danificação e fraude, enquanto que o documento eletrônico é mais prático, conveniente e seguro.

Com vistas à economia, praticidade e conveniência dos consumidores, a Febraban-Federação Brasileira de Bancos está desenvolvendo o DDA – Débito Direto Autorizado.

O novo sistema deve tirar de circulação em torno de 800 milhões de boletos físicos. Só para dar uma idéia, em 2007, circularam em torno de 1,3 bilhão de boletos somente pela CIP-Câmara Interbancária de Pagamentos, 30% a mais, comparado ao ano anterior.

O lançamento do DDA está marcado para julho de 2009 e devem participar, inicialmente, 129 bancos, que já fazem parte da compensação de cobrança. O detalhamento do projeto será apresentado no CIAB 2008, pelo diretor de Serviços Bancários da entidade, André Rodrigues Cano, no painel Meios de Pagamento, dia 12 de junho, às 14 horas. No evento haverá também um estande para mostrar como o sistema funcionará e técnicos para atender o público interessado.

Processo - O DDA é mais uma inovação desenhada e implementada pela Febraban e os bancos associados para contribuir com maior produtividade e eficiência do sistema. No inicio da década de 90 foi inserido nos boletos ou bloquetos de cobrança o código de barras. Isso permitiu que a compensação fosse realizada de forma eletrônica, sem o trânsito do documento físico pela compensação. Mas, o cliente continuou recebendo em casa ou na empresa, os boletos em papel, que substituem, por sua vez, duplicatas, notas promissórias, letras de câmbio, recibos ou cheques.

Agora, o DDA surge para facilitar o dia-a-dia das empresas, clientes e usuários. O sistema permitirá que todos os compromissos de pagamentos sejam recebidos eletronicamente, por meio dos bancos que atendem pessoas físicas e jurídicas. Os valores das transações, a exemplo do que já ocorre hoje, serão automaticamente creditados na conta corrente dos clientes credores . | www.febraban.org.br/dda

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 257 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal