Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

11/06/2008 - Revista Fator Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Cartão Bancário sem contato que pode ser usado no transporte público será apresentado no CIAB Febraban


Em novembro do ano passado, um banco inglês lançou seu cartão de débito e crédito baseado na tecnologia contactless. O cartão, que faz algumas operações bancárias sem necessitar ser introduzido em maquinas leitoras, também pode ser utilizado como cartão de transporte na Inglaterra. A Gemalto, responsável pela implantação do projeto, apresenta este case no dia 11 de junho, às 14 horas, no CIAB Febraban – maior congresso e exposição de Tecnologia da Informação (TI) do setor financeiro da América Latina.

O projeto foi coordenado pela diretora de Produtos Contactless da Gemalto, Emilie Tornaund, que também será responsável pela apresentação da palestra no Brasil. De acordo com a executiva, o banco já conta, atualmente, com 4 milhões de cartões que permitem operações sem contato, dentro do universo de 11 milhões de cartões da instituição em circulação. Atualmente, é possível utilizar o plástico para comprar bilhetes de metrô, validar a passagem em ônibus, sacar dinheiro e fazer compras.

A expectativa é de que, no Brasil, um projeto parecido seja implantado ainda este ano com uma instituição financeira em parceria com a Gemalto. Como as transações sem contato são realizadas off-line, os custos de bancos e operadoras de cartões com a transmissão de dados nas redes apresentam redução. A tecnologia sem contato também garante mais liberdade para o usuário.

O cartão contactless usa um chip com transmissor de rádio conhecido por RFID. É ele quem estabelece a comunicação com um aparelho de leitura, não exigindo a inserção do cartão nestas máquinas. Segundo dados do instituto de pesquisas tecnológicas ABI Research, a demanda mundial por equipamentos que lêem cartões contactless deve passar de US$ 260 milhões para mais de US$ 1 bilhão em 2012, levando-se em consideração o período 2007-2012.

Perfil da Gemalto - A Gemalto (Euronext NL 0000400653 GTO) é líder em segurança digital, com receita anual pro forma de mais de 1,6 bilhão de euros em 2007, mais de 85 escritórios em 40 países e cerca de 10.000 funcionários, incluindo 1.300 engenheiros na área de pesquisa e desenvolvimento.

Em um mundo onde a revolução digital vem cada vez mais transformando nossa vida, as soluções da Gemalto são projetadas para tornar mais práticas, seguras e agradáveis as interações digitais pessoais.

A Gemalto fornece soluções de segurança digital de ponta a ponta, desde o desenvolvimento de softwares, passando pelo design e produção de dispositivos de segurança pessoal como cartões inteligentes, SIMs, e-passaportes e tokens, até a implantação de serviços gerenciados para os clientes.

Mais de um bilhão de pessoas em todo o mundo usam os produtos e os serviços da empresa para telecomunicações, serviços financeiros, governo eletrônico, gerenciamento de identidades, conteúdo multimídia, gerenciamento de direitos digitais, segurança em TI, transporte público e muitas outras aplicações.

À medida que o uso de softwares e dispositivos de segurança da Gemalto aumenta com o número de pessoas interagindo no mundo digital e sem fio, a empresa está pronta para prosperar nos próximos anos.

A Gemalto foi formada em junho de 2006 com a fusão da Axalto com a Gemplus. || Site: www.gemalto.com

CIAB Febraban - Expotransamérica Expocenter, Avenida Dr. Mário Villas Boas Rodrigues, 387 | Santo Amaro - CEP 04757-020 (Acesso pela Av. das Nações Unidas (Marginal Pinheiros), 18.591 - Ponte Transamerica).

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 190 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal