Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

09/06/2008 - O Povo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

"Chupa-cabras" é encontrado em caixa eletrônico

Por: Marcos Cavalcante


A percepção de um cliente do Banco do Brasil conseguiu evitar que muitas pessoas tivessem seus dados bancários copiados ilegalmente. Segundo o homem, que pede para não ser identificado, quando ele foi utilizar o caixa eletrônico situado no posto Litorâneo na praia do Icaraí, em Caucaia, ele percebeu que o dispositivo para inserir o cartão estava diferente. "Estava indo sacar dinheiro para fazer alguns pagamentos, o sistema mandava procurar outra máquina, mas tudo estava sem problemas. Quando puxei o sistema onde coloco o cartão, ele veio na minha mão", diz o homem, que teme represálias. Foi então que ele percebeu que os dados de seu cartão haviam sido copiados por um aparelho chamado "chupa-cabras".

No mesmo instante, ele acionou a Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), que enviou uma viatura para o local. Enquanto aguardava os policiais, o homem percebeu que o teclado e a tela do aparelho estava diferentes. Quando a equipe da viatura da Polícia Militar de Apoio ao Turista (PMtur) chegou ao local, ele pediu que os guardas o ajudassem a retirar o material. "Eles pensavam que fosse somente o chupa-cabras, mas fomos retirando a tela e o teclado, que estavam perfeitamente encaixados sobre os originais", lembra a vítima.

Ele disse também ter estranhado a conversa com um funcionário do posto, que teria informado que uma equipe de manutenção do Banco do Brasil esteve no local na manhã de sábado. "Acredito que eles se passaram por funcionários do banco para proceder a troca. Mas também estranhei que, na agência do Icaraí, nos caixas eletrônicos que olhei nenhum tinha dinheiro. Estou preocupado, pois os meus dados e os de várias pessoas que utilizaram a máquina também estão arquivados", conclui o homem.

A tela, o teclado, uma bateria e o chupa-cabras foram encaminhados para a delegacia metropolitana de Caucaia. O equipamentos deverão ser enviados hoje para a Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), em Fortaleza, que funciona somente durante a semana. De acordo com o titular da DDF, Andrade Júnior, esta não é a primeira vez que um equipamento semelhante é encontrado na Capital. "Como o Banco do Brasil exige além dos números que se coloque também letras nas operações para saque, eles fazem esse tipo de procedimento (colocação de tela e teclados falsos)", destaca, confirmando que ainda não havia recebido o material utilizado na coleta ilegal de senhas e dados dos correntistas.

SAIBA MAIS

O que é o Chupa-cabra?
Chupa-cabra é um aparelho com um dispositivo eletrônico, capaz de acumular dados de até 100 cartões bancários. Ele possui um formato idêntico ao equipamento de introdução de cartões dos caixas eletrônicos.

Quadrilhas de clonadores de cartões substituem o equipamento original pelo chupa-cabras.

O nome do dispositivo eletrônico tem origem na lenda do animal chupa-cabras, que suga o sangue de animais inofensivos, como cabras e ovelhas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 262 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal