Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

07/06/2008 - A Tribuna Digital Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia investiga dupla que teria usado cadáver para receber seguro


A ossada de um cadáver que teria sido usado para aplicar o "golpe do seguro" foi exumada na sexta-feira, em Curitiba (PR), a pedido da polícia. Segundo o Governo paranaense, o corpo foi enterrado no ano passado, identificado como sendo de um homem preso na semana passada.

A polícia acredita que o preso usou o cadáver para receber dinheiro do Dpvat, o seguro obrigatório em acidentes com veículos.

O delegado Wagner Holtz Merege Filho disse que foi recolhido material para a realização de exame de DNA. O resultado pode demorar de 15 dias a oito meses, dependendo da degradação do material. "Tudo vai depender das condições em que se encontram os ossos e até do tipo de solo onde estava depositado”, afirmou o perito criminal Hemerson Bertassoni Alves.

Investigações

A suposta fraude foi descoberta durante as investigações de uma tentativa de golpe em uma seguradora norte-americana. De acordo com a polícia, um funcionário do IML preso tem ligações com um corretor de seguros que seria responsável por intermediar pagamentos do Dpvat a falsas vítimas de acidente de trânsito. “Descobrimos que os dois fecharam um acordo para atribuir falsa identidade a um cadáver para receber o dinheiro do seguro”, disse o delegado Merege Filho.

Ele afirmou ainda que os dois ofereceram R$ 1,5 mil a uma jovem de 21 anos, para que ela reconhecesse um cadáver como sendo seu pai. O suposto morto teria recebido a mesma quantia. “No dia 16 de maio do ano passado, uma vítima de atropelamento deu entrada no Hospital do Trabalhador, mas ela morreu e no dia seguinte foi encaminhada ao IML, onde ficou sem identificação até o começo de junho. Este tempo foi o suficiente para a dupla armar o golpe”, contou o delegado.

A polícia investiga a possibilidade da dupla ter aplicado outros golpes semelhantes. As informações são do G1.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 193 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal