Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS



Promoção BLACK WEEK. Até o dia 02/12 valor promocional para o Treinamento sobre Fraudes Crédito e Comércio ! CLIQUE AQUI.


Acompanhe nosso Twitter

06/06/2008 - Bem Paraná Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Polícia apreende 3.100 CDs e DVDs piratas em União da Vitória


As policias Civil e Militar recolheram 1.300 DVDs e 1.800 CDs piratas em União da Vitória, no Sul do Estado. Os mandados de busca e apreensão foram cumpridos, quinta-feira (05), em 19 estabelecimentos comerciais da cidade. Porém, de acordo com a polícia apenas em sete constatou-se a existência de produtos falsificados ou contrabandeados. O material apreendido será submetido à perícia, por amostragem, pelo Instituto de Criminalística, em Curitiba.

A segunda fase da 7.ª operação conjunta deste ano reuniu 40 policiais da região, chefiados pelo delegado Nagib Nassif Palma, da 4.ª Subdivisão de União da Vitória, e do major Edson Hartmann de Oliveira, da Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM). “São produtos que vêm do Paraguai, porém investigamos a possível falsificação deles na cidade ou nas imediações”, relata o delegado

A maioria dos DVDs e CDs foi recolhida em lojas, porém, durante as buscas, em uma residência foram apreendidos 72 DVDs e 22 CDs supostamente falsificados. “A proprietária da residência era dona de uma locadora, que não estava mais em funcionamento, na maioria eram jogos de computador e videogame”, acrescenta Palma.

Ainda segundo o delegado, foram presas oito pessoas que agora responderão por violação de direito autoral. “Prendemos duas mulheres, que foram encaminhadas para a delegacia feminina da cidade vizinha de Porto União (SC), e os seis homens estão detidos na 4.ª Subdivisão de União da Vitória”, afirma. Caso forem julgados e condenados, o tempo de reclusão para tal crime é de dois a quatro anos de reclusão.

A Operação Integrada atua nas cidades de Bituruna, União da Vitória, General Carneiro, Cruz Machado, Paula Freitas e Porto Vitória. “A pirataria prejudica a arrecadação tributária, traz prejuízos à indústria, aos artistas e ao mercado de trabalho. Operações repressivas como esta, combatem problemas no comércio local, reduzem a informalidade e atacam as redes de produção e distribuição de produtos falsificados, que atuam em todo o país” conclui.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 198 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal