Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

04/06/2008 - Bem Paraná Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Vereadores de Londrina ganhavam "mesada" de R$ 1,6 mil de empresa


Uma grande empresa de transporte urbano na cidade que staria pagando "mesadas" a alguns vereadores de Londrina no valor de R$ 1,6 mil mensais. Esta foi apenas um das declarações do ex-vereador Orlando Bonilha aoMinistério Público, em seu depoimento, na tarde desta quarta-feira (4), sobre esquema de pagamento de propina aos vereadores em troca da aprovação deprojetos de lei pelo Legislativo.

De acordo com a aAgência Londrix, Bonilha confessou que recebeu a "mesada" desde o seu primeiro dia de vereador, há onze anos.

Bonilha já confessouenvolvimento no esquema de corrupção e nomina mais 12 vereadores que teriam recebido algum tipo propina na Câmara: além do próprio Bonilha, Sidney de Souza, Flávio Vedoato, Gláudio Renato de Lima,Henrique Barros, Jamil Janene, Lourival Germano, Renato Araújo, OsvaldoBergamin, Luiz Carlos Tamarozzi, Marcelo Belinati, Sandra Graça ePastor Renato Lemes. Ele isenta da lista apenas os nomes de cinco vereadores:Tercílilo Turini, Roberto Kanashiro, Roberto Fu, Maria Ângela Santini ePaulo Arildo. Bonilha disse que nunca soube de qualquer participaçãodestes cinco em esquemas de corrupção.

Outra afirmação de Bonilha é a de que havia um intenso comércio de votos para a eleição à presidência da Câmara. Ele mesmo teria recebido R$ 50 mil de Sidney de Souza, atual presidente, para votar em seu nome.

Detalhes de negociações internas no Legislativo para aprovação de leis "sob encomenda" também foram fornecidos aos promotores.

Bonilha continua seu depoimento e deve falar ainda sobre o esquema de corrupção na Administração de Cemitérios e Serviços Funerários de Londrina (Acef) e licitação fraudulenta de lotes no Cemitério São Paulo.

Segundo o advogado do ex-vereador, Robaldo Neves, Bonilha, o homem-bomba da Câmara de Londrina, ainda tem muito para relatar ao Ministério Público. "O Bonilha não falou no primeiro depoimento nem 5%do que tem para contar ", disse. Ronaldo deve pedir relamento de prisão ao ex-vereador por le estar coloborando com as investigações.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 309 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal