Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

04/06/2008 - Cosmo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Dupla é presa por clonagem de cartões de crédito

Por: Adagoberto Baptista


Uma dupla foi presa na manhã desta quarta-feira, acusada de aplicar golpes com clonagem de cartões de crédito, na região do Cambuí, em Campinas. Um dos suspeitos até usava camisa pólo e boné com a inscrição "Redecard" para se passar por funcionário que realizava manutenção nas máquinas.

A prisão da dupla ocorreu depois que o gerente de um posto de gasolina desconfiou do rapaz que se dizia funcionário da rede, pediu crachá de identificação e ele disse que pegaria no carro. Fugiu com o comparsa em um Gol, mas foram detidos por policiais militares das Rondas Ostensivas com Apoio de Motocicletas (Rocam).

Com eles foram encontrados diversos cartões bancários, uma máquina de uso de cartão der crédito, R$ 1,7 mil, o uniforme da empresa que presta serviços, seis telefones celulares, ainda um chip e um relógio da marca Vivara. "A tese inicial é de que os suspeitos paravam nos estabelecimentos comerciais, no caso de hoje, um posto de gasolina, e conforme diziam que fariam a manutenção na máquina, trocavam o chip do aparelho. Assim, levavam as informações do chip e podiam clonar os cartões", explicou a delegada adjunta do 13º Distrito Policial (Cambuí), Denise Margarido.

Os cartões, a máquina de efetuar compras com cartões e celulares vão ser mandadas para análise na Polícia Técnico-Científica. Um Gol preto, usado pelos acusados, ficou apreendido.

Os presos foram identificados na Polícia Civil como Rodrigo de Oliveira Rodrigues, de 24 anos, e Kleber Lima Deluca, de 29 anos. Eles foram autuados em flagrante pela tentativa de estelionato e mandados para a cadeia anexa ao 2º DP (São Bernardo). "As investigações vão continuar com objetivo de se descobrir outras possíveis vítimas dos suspeitos", explicou a delegada Densie Margarido.

O plano da dupla começou a cair por terra quando o suspeito Rodrigo, com roupa da Redecard, chegou em um posto da Rua Conceição e disse que faria a manutenção na máquina de validar comprar por cartões. Um funcionário do posto desconfiou, pois já tinha visto o rapaz, com a mesma conversa, dias antes. "Faz um mês mais ou menos ele veio aqui. Mexeu na máquina e poucas horas depois a máquina travou. Depois soubemos de cloangem de cartões de pessoas que passaram no posto", contou o funcionário.

Pela desconfiança, o empregado pediu a identificação, tipo crachá de Rodrigo. Ele notou que a stiuação poderia ser descoberta, desconversou e disse que iria apanhar a credencial no carro. Fugiu. Então o pessoal do posto acionou a Polícia Militar.

"Os dois foram detidos quando paravam o carro perto de um hotel. Disseram que iriam se hospedar. Dentro do carro estavam os diversos celulares e cartões, além de máquina de validar compras", contou um dos PMs da Rocam que efetuou a prisão. Foram apreendidos com a dupla 14 cartões bancários, sete em nome de cada um dos suspeitos. Os em que constavam a identidade de Rodrigo também tinham um segundo nome junto, como se fosse conta conjunta. os cartões eram de bancos variados.

Segundo a delegada Denise Margarido, os detidos podiam trocar os chips das máquinas que validam as compras. A partir destes chips, outras pessoas poderiam se apoderar dos dados que constavam nos chips e então se fazer a clonagem. Diversos tíquetes de compras em estabelecimentos comerciais também foram achados com os acusados. Os suspeitos não quiseram conversar com a reportagem. Rodrigo disse aos policiais morar no Rio de Janeiro enquanto Kleber, na Capital paulista.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 361 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal