Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

04/06/2008 - Rádio Indepêndencia Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Família de Nova Prata caiu no golpe do falso seqüestro


A família de um caminhoneiro de Nova Prata do Iguaçu foi vítima de estelionato na manhã de segunda-feira.

Por volta das 10h00 da manhã, uma pessoa ligou do Estado do Rio de Janeiro, dizendo que o motorista havia sido seqüestrado. Como resgate foi solicitado que a família depositasse com urgência R$ 6.000,00 reais, caso contrário o homem seria morto. O suposto seqüestrador passou o número da conta e disse que aguardaria o depósito.

O detalhe é que os familiares não conseguiram manter contato com o caminhoneiro, e por isso, no momento de desespero depositaram R$ 1.500,00 reais na referida conta bancária.

Apenas por volta do 12h30, foi possível conversar com o motorista. Ele disse que estava em Chapecó-SC, não havia ocorrido nada e que estava tudo bem. Após este contato, as vítimas perceberam que haviam caído em um golpe de estelionato e imediatamente foram até o Banco do Brasil para cancelar o depósito, porém o dinheiro já havia sido sacado.

A Polícia Civil foi acionada e juntamente com a gerência do Banco do Brasil, constataram que a conta bancária é da cidade do Rio de Janeiro, está em nome de uma mulher, já fazia mais de seis anos que não era movimentada e sua proprietária não foi localizada.

Por isso fica o alerta. Nesses casos, a vítima deve acionar imediatamente as Polícias Civil ou Militar para tomar as providências, já que possuem um aparato especializado para este tipo de ocorrência.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 200 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal