Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

30/05/2008 - TV Canal 13 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Delegado se passa por paciente e prende suspeito


Australiamar Fernandes Ferreira, 37 anos, foi preso em flagrante na quarta-feira pelo delegado Eduardo José do Prado, que se passou por paciente e marcou consulta com o suspeito de exercer ilegalmente medicina no Hospital Municipal de Iaciara (GO). Ele trabalhava há três meses como médico do Exército contratado pela prefeitura e com um consultório particular.

A Polícia Civil identificou 25 pessoas que teriam sido operadas pelo técnico de enfermagem. Segundo a polícia, como funcionário público, Australiamar ganhava R$ 19 mil. No consultório, ele cobrava de R$ 30 a R$ 50 por atendimento. Com ele, teriam sido encontrados centenas de prontuários, de pacientes que acreditavam estarem sendo tratados por Alexandre Morais Xavier, que na verdade é um médico goiano que mora no Estado de São Paulo.

Na casa e no consultório de Australiamar, foram confiscados dezenas de documentos falsos, inclusive decisões de juízes de Santa Catarina, assinadas em branco. Havia documentos de médicos, informações sobre políticos, cheques em branco, cartões de crédito, carimbos falsificados e guias médicas.

"Estamos numa cidade pequena, carente de serviços de saúde, e ele apareceu como médico. É uma pessoa tranqüila e de carisma. A profissão de médico exerce uma influência na sociedade. Então não foi difícil ele se entrosar e conseguir emprego. Ele conseguiu cativar tanto a população, que hoje teve um protesto na delegacia, umas 30 pessoas reclamaram contra a prisão do 'doutor Alexandre'", disse o delegado.

Segundo Prado, Australiamar é procurado pela Polícia Federal da Bahia, Distrito Federal, Ceará, Mato Grosso e Minas Gerais. Também é procurado pela Polícia Civil do Mato Grosso e respondia a processo em várias delegacias de Goiás. O falso médico é foragido do regime semi-aberto de Guapo, no mesmo Estado.

"A Polícia Militar está indo atrás de toda a ficha dele. É bem extensa e pode ter muito mais coisa. Encontramos fotos dele em outras cidades, e como ele tinha documentos de outros médicos, acreditamos que ele possa ter agido em outros locais, inclusive em Minas Gerais", comentou o delegado.

Australiamar esteve em janeiro em Tabaporã, Mato Grosso, onde e é suspeito de atuar como falso médico e teria fugido da cidade depois de operar um funcionário do Fórum local que sofria de apendicite. O paciente teve complicações e foi parar na UTI.

Foi o delegado quem efetuou a prisão em flagrante, depois de marcar uma consulta no hospital. "Quando entrei e me identifiquei, ele não esboçou reação. Já foi dizendo que não era médico e se entregou", disse Prado.

Segundo o delegado, Australiamar delatou à Polícia Federal do Ceará um esquema de fraude em obras públicas para financiamento de campanha de políticos do Estado. Nesta época, ele teria trabalhado como engenheiro e assinado contratos de obras superfaturadas. Ele já responde a processos por falsidade ideológica, falsificação de documentos públicos, exercício ilegal de Medicina e Engenharia, estelionato, entre outros. A polícia vai autuá-lo por boa parte destes crimes e, possivelmente, por tentativa de homicídio.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 242 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal