Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

29/05/2008 - Jornal da Mídia Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Fraudes preocupam 45% das empresas do mundo


São Paulo - A cada ano, empresas do mundo inteiro perdem bilhões de dólares por causa de fraudes, mas apenas 45% das companhias privadas de capital fechado têm especialistas em detectar e prevenir esse problema, de acordo com o International Bussines Report (IBR), feito pela Grant Thornton International, representada no Brasil pela Terco Grant Thornton. O Brasil, de acordo com o estudo, está abaixo da média mundial, com apenas 38% das empresas preocupadas em evitar fraudes.

É considerado fraude o roubo de recursos ou a contabilidade falsa – a falsificação ou alteração de registros de contabilidade ou de outros documentos. Quando se fala em recursos, eles incluem informações comerciais e a propriedade intelectual, o que pode prejudicar o dono legal se cair em mãos erradas ou se for vendido a um concorrente, por exemplo.

Para Leandro Sanches, diretor da área de Gestão de Riscos da Terco Grant Thornton, o índice alcançado pelo Brasil reflete a atual visão dos empresários que, em alguns casos, desconhecem a relevância e as vantagens do monitoramento dos controles internos. “Trata-se de importante ferramenta gerencial, auxiliando inclusive na redução de custos por meio da otimização de processos, prevenção e detecção de fraudes.” Segundo Leandro, considerando as margens de crescimento de países emergentes como o Brasil, os empresários brasileiros deveriam se preocupar mais com a gestão de riscos. “Empresas que já possuem esta estrutura obtêm crescimento mais ordenado e sólido, o que é um grande diferencial competitivo.” Leandro lembra, ainda, que a gestão de riscos é um dos requisitos da boa governança corporativa. “Isso dá transparência ao negócio, o que faz com que ele se torne mais valorizado no mercado.”

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 205 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal