Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

27/05/2008 - JB Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Acusado de fraude nega arrecadação para Yeda no Rio Grande do Sul


PORTO ALEGRE - O empresário e jornalista Lair Ferst negou ontem ter participado da coordenação e arrecadação de fundos da campanha eleitoral que elegeu a governadora Yeda Crusius (PSDB) em 2006. Ele prestou em depoimemento à CPI do Detran, na Assembléia Legislativa do Rio Grande do Sul.

Ferst foi indiciado na Operação Rodin, da Polícia Federal, e denunciado pelo Ministério Público Federal em operação que teria desviado mais de R$ 40 milhões dos cofres públicos. Ele foi apontado pela PF como um dos operadores do esquema.

Em seu depoimento, Lair Ferst apresentou denúncia contra a Fundação Carlos Chagas, primeira a firmar contrato com o Detran. A instituição, segundo ele, não só terceirizava mão-de-obra como também o próprio objeto do contrato. Até então só haviam sido relatadas terceirizações nas fundações que a sucederam (Fatec e Fundae) nos contratos com a autarquia.

Segundo a assessoria de imprensa da Assembléia, Ferst ainda afirmou que o sigilo dos exames para a obtenção das carteiras de motorista era responsabilidade da empresa contratada (Carlos Chagas), condição que, segundo ele, não teria sido observada. Ele entregou aos deputados documentação que comprovaria suas declarações.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 179 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal