Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

14/08/2006 - Comuni Web Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Falsos políticos presos pela PF por estelionato

Por: Luis Ricardo Machado


Cinco componentes de uma quadrilha especializada em dar golpes em empresários foram presos na manhã de hoje. Os dois cabeças do bando (Antônio Silvério da Silva e Getúlio José da Silva) já haviam sido presos pela Polícia Federal em fevereiro deste ano, acusados de oferecerem dinheiro de sobras de campanhas a empresários, com proposta de pagar até três vezes mais. Hoje, a Operação Três por Um da Polícia Federal prendeu André Cordeiro de Arruda, Elias José da Silva, Raimundo Mendes Rodrigues dos Santos, Miguel Carlos Alberto, preso em Uberaba-MG, e Regina Celli Jorge Domingos, presa em São Paulo.

O titular da Delegacia de Repressão a Crimes Fazendários, (DRCF), Wesley de Almeida, contou que os cinco foram presos durante as investigações e que quadrilha vem lesando empresários, comerciantes e fazendeiros há mais de sete anos, em quase todas as unidades da Federação. “Nós vínhamos investigando este bando há quase oito meses. Conseguimos prender parte da quadrilha em fevereiro e agora prendemos mais cinco deles”, enfatizou o delegado, explicando que o bando agia oferecendo dinheiro de sobra de campanha e quando as vítimas pegavam a maleta com a quantia estipulada, era quase toda de notas falsas.

“Eles sempre agiam da mesma forma: Antônio Silvério se passava por senador ou deputado Guimarães oferecia dinheiro de sobra de campanha e prometia pagar até três vezes o valor. No final, as vítimas recebiam uma maleta com a maioria das notas escritas 'sem valor'. Não temos como mensurar quantos empresários foram lesados pela quadrilha, mas o valor dos golpes rendeu, aproximadamente, R$ 4 milhões ao bando, ao longo de sete anos de estelionato”.

André Cordeiro, Elias José, Raimundo Mendes, Miguel Carlos e Regina Celli foram indiciados por formação de quadrilha e estelionato, e a polícia ainda aguarda a prisão de mais seis envolvidos no golpe. “É importante que as vítimas desta quadrilha denunciem, para que possamos ter provas para mantermos essas pessoas presas e prendermos os outros envolvidos”, pediu o delegado.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 2430 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal