Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

19/05/2008 - O Documento Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Mais 97 estabelecimentos comerciais são fiscalizados durante Operação


O Gabinete de Gestão Integrada (GGI) desencadeou no último final de semana a terceira etapa da Operação Integrada, que vem sendo realizada periodicamente em todo o Estado com foco na fiscalização de alvarás de funcionamento de estabelecimentos comerciais, licenças, notas fiscais de equipamentos e abordagens de suspeitos. Entre os dias 16 e 18 de maio, 97 estabelecimentos (bares, lanchonetes, lan houses, etc), de Cuiabá e Várzea Grande, foram vistoriados, sendo 67 notificados. Também foram fiscalizados 48 alvarás de funcionamento e registrados três autos de infrações.

A Operação foi concentrada em Cuiabá, nos bairros Jardim Vitória, Novo Paraíso I e II, Planalto, Bela Vista, Jardim União, Jardim Florianópolis, e em Várzea Grande, nos bairros Mapim e Jardim Glória I e II. No total, cerca de 1,3 mil pessoas e 519 veículos foram abordados e nove menores conduzidos.

Entre os dias 09 e 11 deste mês, 62 estabelecimentos também foram vistoriados na Grande Cuiabá quando aconteceu a segunda etapa da Operação, sendo que cinco dos estabelecimentos foram interditados.

De acordo com o coordenador Estadual da Operação, coronel PM Osmar Lino Farias, o objetivo da Operação é “reprimir a venda e consumo de entorpecentes nos respectivos pontos comerciais, vistoriar alvarás de funcionamento, permanência de menores nesses locais, entre outros”. Ele ressaltou que os locais escolhidos para fiscalização são apontados no mapa da criminalidade como principais pontos de ocorrências.

Na Grande Cuiabá, participaram desta etapa da Operação 51 policias militares, 12 policiais civis, 24 bombeiros militares, 22 servidores do Juizado da Infância e Juventude, 07 guardas municipais de Várzea Grande e 12 agentes da Secretaria de Desenvolvimento de Cuiabá.

Além da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), também integram a operação as secretarias de Estado de Saúde (Ses), de Meio Ambiente (Sema), de Fazenda (Sefaz), Agencia Brasileira de Inteligência (ABIN), Poder Judiciário, Ministério Público, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Conselho Tutelar e Prefeituras Municipais. Todos os órgãos citados fazem parte do GGI.

Operação Integrada - A primeira etapa da Operação Integrada foi realizada no último dia 30 de abril, com o cumprimento de 69 mandados de busca e apreensão. Em todo o Estado, 17 pessoas foram autuadas em flagrante, entre elas, Rodrigo de Oliveira Andrade, fugitivo da Cadeia Pública de Minas Gerais e um dos assaltantes de banco mais procurados do país. Ele é acusado de assaltar pelo menos 18 agências bancárias em Minas Gerais, além de participar de vários seqüestros. Ele foi preso na região de Cáceres portando documentos falsos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 224 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal