Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

16/05/2008 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Empresa cria seguros que cobrem fraudes nos cartões corporativos e indenizações por assédio sexual

Por: Claudio de Souza


RIO - Com a abertura do mercado de resseguros ao capital estrangeiro, a oferta de produtos do setor voltados para empresas começa a se ampliar e já é possível encontrar seguros contra os prejuízos provocados pelo uso indevido de cartões de crédito corporativos por funcionários ou até mesmo contra ações judiciais movidas por empregados que alegam ter sofrido assédio sexual.

As duas hipóteses estão cobertas em dois tipos de seguros registrados na Superintendência de Seguros Privados (Susep) pela Zurich Seguros. O primeiro cobre fraudes nas empresas praticadas por seus funcionários, inclusive com a participação de terceiros ou por meios eletrônicos. Neste seguro estão cobertos até os prejuízos que a companhia segurada tiver com um funcionário que faça o uso indevido do cartão corporativo.

O diretor de riscos financeiros da Zurich, Eduardo Pitombeira, explica que a seguradora já tem 11 empresas de grande porte como clientes deste seguro. A Zurich, no entanto, só vende seguros para empresas e não trabalha com órgãos da administração pública, envoltos recentemente em escândalos com uso indevido de cartões corporativos.

- Fazemos uma análise do cliente antes de fechar qualquer contrato. Só vendemos se a empresa tiver preocupação para evitar as fraudes - afirma Pitombeira, lembrando que empresas estatais poderiam se habilitar para contratar o seguro.

Outro novo tipo de seguro registrado pela empresa é o seguro de práticas trabalhistas, que garante o pagamento de eventuais multas cobradas pela Justiça à companhia segurada, devido a ações por assédio sexual ou moral.

- Se houver um processo incluído nesses casos, a seguradora primeiramente contrata um escritório de advocacia para defender o cliente. Se, depois disso, a empresa segurada perder a ação, o seguro cobre o prejuízo até o limite contratado - afirmou.

Todos os seguros estabelecem um limite máximo de indenizações no contrato e o valor cobrado varia de acordo com este teto. Pitombeira lembra ainda que a empresa criou também o seguro para as empresas que estão lançando ações na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa).

O executivo explica que a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) obriga as empresas que querem registrar uma Oferta Pública Inicial de Ações (IPO, na sigla em inglês) têm de alertar os investidores em prospecto sobre todos os riscos de seu negócio.

O seguro pode ser usado se algum investidor que tiver prejuízo com a compra das ações processar a empresa por omitir algum risco inerente ao negócio para requerer indenizações. O executivo explicou que o limite de indenizações deste seguro pode chegar a US$ 50 milhões.

O executivo da Zurich afirma que a abertura do setor no Brasil foi fundamental para a criação desses seguros porque aumenta a oferta de resseguro (espécie de seguro para a seguradora com o objetivo de dividir os riscos com outra companhia) no país.

- Para fazer esses seguros, a empresa tem de dividir os riscos com as resseguradoras. Esses tipos de seguro já existiam no exterior e só agora trouxemos para o Brasil.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 238 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal