Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

16/05/2008 - Jornal Pequeno Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Mais de mil idosos são lesados em fraude do empréstimo consignado

Por: Oswaldo Viviani


GOLPE DE R$ 1 MILHÃO E MEIO

O delegado Marlos Sampaio, titular da Delegacia de Segurança e Proteção ao Idoso de Teresina (Piauí), informou ontem ao Jornal Pequeno que duas financeiras – a Delta Cred, de São Luís (MA), e a Cometa Cred, de Belém (PA) – estão envolvidas num amplo esquema de fraude de empréstimos consignados feitos em nome de idosos. Mais de mil pessoas foram lesadas, em dezenas de municípios maranhenses e piauienses. O golpe rendeu aos fraudadores cerca de R$ 1,5 milhão. As principais cidades do Maranhão – São Luís, Imperatriz, Caxias, Timon, Codó, Bacabal e Coroatá – foram particularmente visadas pelos golpistas. De acordo com Sampaio, as empresas teriam obtido os dados dos idosos de funcionários de algum órgão público. A Previdência Social aparece como possibilidade mais plausível e é o centro das investigações policiais.

De posse das informações, as financeiras Delta Cred e Cometa Cred fizeram centenas de empréstimos consignados no Banco Pine, de São Paulo, sem que os idosos soubessem.

A maioria dos contratos dos empréstimos está sem assinatura ou com assinatura falsificada. Em razão dessa negligência, segundo o delegado Sampaio, o Banco Pine está sendo obrigado a ressarcir os valores às vítimas do esquema fraudulento. Em alguns casos, os valores dos empréstimos chegam a R$ 3 mil. Muitas pessoas lesadas, tanto do Maranhão como do Piauí, têm comparecido diariamente à Delegacia do Idoso de Teresina. A maioria delas garante que ninguém da família assinou nenhum documento autorizando o empréstimo.

O delegado Marlos Sampaio afirmou ao JP que as investigações devem ser concluídas na próxima semana, quando ele pretende pedir a prisão preventiva dos envolvidos.

Sampaio aconselhou às pessoas que foram lesadas que compareçam ao setor de Fraudes do Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) ou entrem em contato diretamente com o Banco Pine, de São Paulo, por meio do telefone 0800-72574631. No caso dos moradores de Timon ou Teresina, eles podem procurar as delegacias de Proteção ao Idoso do Maranhão ou do Piauí.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 1070 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal