Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

14/05/2008 - Zero Hora / Ag. RBS Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Prejuízo com fraudes na energia chega a R$ 118 milhões por ano

Por: Eduardo Matos


As fraudes praticadas por consumidores da energia elétrica do Rio Grande do Sul gera um prejuízo anual de R$ 118 milhões às empresas. O levantamento foi feito junto à CEEE, RGE e AES-Sul. Os dados incluem os chamados gatos, que são os fios puxados de postes para as residências sem passar pelos medidores, e a adulteração dos próprios equipamentos.

De acordo com as empresas, a maior parte dos casos é registrada em vilas irregulares. O volume de energia furtado por ano da AES-Sul, por exemplo, poderia atender a 45 mil clientes. Na área de abrangência da RGE os principais problemas são verificados na Região Metropolitana e em cidades da Serra. Conforme a empresa, o crime é praticado também por grandes clientes e até mesmo pelo poder público. Já a CEEE fiscalizou neste ano 17 mil unidades suspeitas, constatando irregularidades em 4 mil.

As empresas argumentam que é difícil realizar flagrantes, já que as adulterações estão cada vez mais sendo feitas por profissionais. O cliente flagrado furtando energia deverá pagar o consumo retroativo à irregularidade, com acréscimo de 30%. Poderá ainda responder pelo crime de furto qualificado, correndo o risco de ser preso.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 245 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal