Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

12/05/2008 - Gazeta Mercantil / Investnews Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Escândalo do UBS pode ter ramificações no Brasil


12 de Maio de 2008 - Abalado pelas perdas decorrentes da crise imobiliária nos Estados Unidos e Europa, o UBS, tradicional banco suíço, teve sua reputação novamente atingida, na semana passada, com a detenção, em Miami, de Martin Lietchi, seu principal executivo da Divisão de Wealth Management para as Américas, por conta de "transações fiscais questionáveis", como definiu o New York Times. As transações podem contar com respaldo de escritório de advocacia no Brasil, onde o UBS mantém negócios com o escritório Castro, Barros, Sobral e Gomes (CBSG), que se nega a dar informação sobre o caso.

O Departamento de Justiça dos EUA e a Securities and Exchange Commission (SEC), investigam fraudes fiscais e evasão de divisas de 2000 a 2007. Os investigadores estão de olho em escritórios de advocacia que representam o banco na América Latina, onde se destacam operações no Brasil, representadas pelo CBSG. Um dos sócios do CBSG, Sérgio Soares Sobral Filho, disse desconhecer Martin Liechti e que não está a par do noticiário sobre as investigações nos EUA. Embora não confirme nem negue se o seu escritório representa os interesses do banco suíço, na página do CBSG, na internet, o currículo de outro sócio, Fábio Soares de Miranda Carvalho, informava, na quinta-feira, que Fábio "atua em diversos casos, defendendo interesses de empresas e instituições como o UBS (...) dentre outras".

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 417 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal