Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

09/05/2008 - Folha de São Paulo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PF realiza operação contra desvio de recursos públicos no Maranhão


A Polícia Federal realiza hoje uma operação contra um esquema de desvio de suprimento de fundos do NEMS (Núcleo Estadual do Ministério da Saúde), no Maranhão. Agentes da PF e auditores da CGU (Controladoria Geral da União) cumprem cinco mandados de prisão e cinco de busca e apreensão. O balanço da operação ainda não foi divulgado.

A PF calcula que a quadrilha tenha desviado de R$ 500 mil a R$ 1,5 milhão dos cofres públicos.

O esquema consistia no desvio de recursos do suprimento de fundos do NEMS mediante fraude no Siafi (Sistema Integrado de Administração Financeira). A quadrilha seria formada por funcionários do NEMS.

De acordo com a PF, o esquema seria liderado pelo chefe do setor financeiro do NEMS e seu marido. A chefe solicitava liberação de recursos para o Siafi. Outros dois funcionários autorizam a liberação do dinheiro. Os recursos eram divididos entre eles, já que não havia prestação de serviços.

De acordo com a PF, as investigações comprovam a prática dos crimes de falsificação de documento público, falsificação de documento particular, falsidade ideológica e uso de documento falso, além de peculato, emprego irregular de verbas públicas, estelionato e formação de quadrilha.

O nome da operação é Nêmesis, uma referência à deusa do destino e da fúria divina contra os mortais que desrespeitavam leis morais e tabus. A PF informa que o nome foi esse porque os investigados descumpriram regras éticas impostas por lei.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 238 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal