Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

03/08/2006 - Jornal da Manhã Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Golpe da Recompensa - Viúva tem prejuízo de quase R$ 4 mil


O antigo e perigoso “golpe da recompensa” deixou mais uma vítima na cidade, por volta das 16 horas da tarde de ontem, nas proximidades do Banco do Brasil. Estelionatários conseguiram furtar da dona-de-casa Geni da Costa Mantovani, de 56 anos, quase R$ 4 mil em dinheiro. Parte do montante, ele havia recebido minutos antes, no Sindicato dos Motoristas, em decorrência da morte do marido. A polícia recebeu a descrição dos suspeitos e investiga o caso.
Conforme relatou a vítima no 3º Distrito Policial, por volta das 14 horas ela recebeu R$ 1.950, referente à rescisão do contrato trabalhista de José Francisco Mantovani, falecido no mês passado.
Com o montante na bolsa, a mulher caminhou até a agência do Banco do Brasil na avenida Sampaio Vidal, onde sacou mais R$ 1.668 em dinheiro. Geni não informou o motivo do saque, que pretendia usar para um investimento.
Após caminhar alguns metros, ela viu quando uma mulher deixou cair um papel e seguiu sem olhar para trás. Um homem desconhecido parou e perguntou se o suposto documento seria de Geni, oportunidade em que a apressada mulher voltou e se apresentou como dona do estanho impresso.

O golpe

Grata por ter recuperado o valioso documento, a estelionatária ofereceu uma recompensa à dona-de-casa e também ao pedestre. Ela disse que os dois só precisavam ir a uma loja de confecções na rua Maranhão e escolher peças de roupas, um por vez.
Para que a vítima ficasse à vontade, enquanto eles aguardavam, a desconhecida insistiu para segurar a bolsa. A viúva teria resistido, momento em que a golpista garantiu ser idônea e entregou uma nota promissória no valor de R$ 38.500.
A bolsa foi entregue à criminosa e a viúva só constatou o golpe ao retornar ao local onde os três haviam se encontrado, depois de procurar o endereço inexistente. Os criminosos já haviam fugido e a dona-de-casa tentou encontrá-los, mas desistiu e procurou a Polícia Civil.
O homem que participou do golpe foi descrito como baixo, branco, gordo, usava óculos e vestia-se com calça azul marinho e camiseta. A mulher também tem baixa estatura, cabelos compridos e castanhos, vestia uma calça jeans e blusa marrom.
Na bolsa de Geni havia também documentos pessoais e do marido, cartões de crédito e mais R$ 150 em dinheiro. O caso será apurado pelo 3º Distrito Policial com apoio da Delegacia de Investigações Gerais (DIG).

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 480 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal