Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS



Promoção BLACK WEEK. Até o dia 02/12 valor promocional para o Treinamento sobre Fraudes Crédito e Comércio ! CLIQUE AQUI.


Acompanhe nosso Twitter

08/05/2008 - Gazeta do Sul Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Hackers inovam repertório de golpes

Por: Ricardo Düren


Até mesmo a tragédia que chocou o País virou ferramenta para a aplicação de golpes via computador. Percebendo a comoção causada pela morte da garota Isabella Nardoni, hackers não perderam tempo e espalharam vírus espiões – capazes de descobrir senhas bancárias – fingindo estarem apenas distribuindo notícias sobre o assassinato. O novo médoto entra para a já extensa lista de fraudes eletrônicas e mostra a importância de cuidados no manuseio da internet.

Em Santa Cruz do Sul, só no mês passado duas pessoas procuraram a Polícia Civil depois que tiveram suas contas bancárias invadidas por hackers ou crackers, como são chamados os piratas da internet. Uma empresária relatou que os golpistas inicialmente abriram um empréstimo de R$ 2 mil na conta dela. Em seguida, utilizaram este crédito para quitar um boleto de R$ 901,00.

“Foi um choque. Me senti como se ladrões tivessem arrombado e entrado em minha casa. A conta bancária é algo muito pessoal”, comenta a vítima, que pede para ter o nome mantido em sigilo. Ela diz que evitava transações bancárias via internet justamente por temer a ação de hackers. “No máximo, eu conferia saldos pelo computador. Não tenho idéia de como isto aconteceu.”

A outra vítima também teve um empréstimo liberado para sua conta, mas descobriu a fraude antes de os bandidos movimentarem o dinheiro. Ela relatou aos policiais que, dias antes, havia preenchido um formulário que apareceu na tela do computador junto com o site do banco. Só depois desconfiou que tal questionário poderia ter sido plantado por criminosos, sem o conhecimento da instituição bancária.

O administrador de redes Eduardo Schoedler, da Viavale Internet, explica que uma medida simples pode evitar o aparecimento de tais sites falsos, os quais “imitam” as páginas virtuais dos bancos. “Se digitar todo o endereço eletrônico da instituição, ao invés de aceitar o sugerido automaticamente pelo computador, o internauta já afasta a possibilidade de entrar em uma página criada por falsários”, explica.

Ele comenta, no entanto, que boa parte dos golpes via internet é aplicada com uso de programas espiões do tipo keylogger, também chamados de cavalos de tróia. Se instalados em um computador, eles são capazes de copiar dados digitados pelo usuário – inclusive, senhas bancárias – e remetê-los automaticamente para os golpistas usando o e-mail da própria vítima. O internauta instala tais vírus clicando em links que chegam em e-mails falsos.

As mensagens trazem os mais variados argumentos para convencer a possível vítima a clicar no link. Os mais recentes prometem mostrar desde informações inéditas sobre o caso Isabella até um vídeo da confusão envolvendo o jogador Ronaldo com travestis. Também há programas que invadem o e-mail de pessoas idôneas e, dali, mandam cavalos de tróia para os endereços eletrônicos que constam na lista.

ALERTA

Schoedler informa que há uma técnica para checar a veracidade de e-mails com anexos a serem baixados. “Antes de clicar, o internauta deve passar o cursor do mouse sobre o link e ver o que aparece escrito na barra de status, situada na parte inferior da tela. Se o texto que surge abaixo for diferente do link, é vírus.” Caso o local a ser clicado remeta a um site, o endereço de domínio deve ser verificado na barra de status. O especialista lembra ainda da importância de manter antivírus atualizados e de evitar a realização de transações bancárias em computadores de terceiros.

DESCONFIAR É A REGRA

E-mails falsos, enviados por golpistas, apresentam vários disfarces para levar o usuário a clicar em links que, na verdade, instalam vírus espiões. Confira os tipos mais comuns e recentes.

••Que foto!: e-mails enviados por alguém que escreve como sendo velho amigo da vítima, apresentando supostas fotos ou vídeos de antigos encontros. Muitas vezes, os links falsos também são apresentados como acesso a imagens ou gravações pornôs. Também há casos de mensagens, falsamente atribuídas ao YouTube, questionando se o internauta autoriza a divulgação de vídeos onde ele apareceria.

•• Superpromoções: usando logotipos de empresas, mostram produtos e serviços a preços bem sedutores. Um dos e-mails oferece passagens aéreas a partir de R$ 1,00. O link com o vírus é apresentado como fonte de mais informações.

••Intimações: com o brasão nacional, informam que o internauta está sendo intimado a prestar depoimento ou a regularizar o título eleitoral. Outros também afirmam que o usuário estaria no SPC ou teria pendências ligadas a compras.

••Notícias quentes: falsamente atribuídos a agências de notícias, prometem informações inéditas sobre assuntos de repercussão, como o caso Isabella ou a confusão entre Ronaldinho e travestis. Recentemente também circularam e-mails com a notícia de que o apresentador Silvio Santos teria morrido em um assalto. A nota falsa vem acompanhada de um link apresentado como sendo um vídeo com cenas do crime.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 401 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal