Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

01/05/2008 - Folha de São Paulo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Governo lança nova carteira de trabalho, informatizada, para combater fraudes

Por: Letícia Sander


Em solenidade no Palácio do Planalto com a presença do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o ministro Carlos Lupi (Trabalho) lançou ontem a nova carteira de trabalho, informatizada, conforme a Folha antecipou em 17 de março. A iniciativa, segundo o governo, ajudará a coibir fraudes, sobretudo as relacionadas ao pagamento do seguro-desemprego.
A data do lançamento foi escolhida para combinar com as comemorações do Dia do Trabalho, celebrado hoje. Mas, na maior parte do país, as novas carteiras só estarão disponíveis a partir de agosto. Isso porque, segundo Lupi, o ministério ainda tem um estoque de documentos antigos, que só deve se esgotar daqui a três meses. As carteiras "antigas" continuarão a ser emitidas para evitar "desperdício de dinheiro público", disse Lupi.
Somente em Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo não há mais estoques disponíveis de carteiras antigas. Nessas cidades, portanto, quem for obter o documento a partir amanhã terá acesso à nova carteira, informatizada.
Lupi ressaltou diversas vezes em seu discurso que as atuais carteiras continuam valendo, e que as pessoas não devem procurar substituí-las pelo novo modelo, de imediato, porque o governo não terá como atender a demanda. Ou seja, o público alvo da novidade, por enquanto, é quem está tirando a carteira pela primeira vez. O ministro estimou que demore até oito anos para que todos os brasileiros com carteira assinada tenham acesso a esse novo sistema, informatizado.
"Ninguém tem de ter pressa, ninguém precisa se preocupar, porque a carteira continua com a validade garantida, e o mesmo acesso da nova carteira terá o trabalhador com a antiga carteira, na internet", disse Lupi.

Lula recebe a primeira

Lula sugeriu convênio com a Caixa Econômica Federal e empresas para acelerar o processo de renovação. "Porque o que acontece é que o trabalhador, quando tem a carteira há muito tempo, se ele carregou no bolso de trás [da calça] para procurar emprego, ela está bem fubanga, ela está bem acabadinha", argumentou o presidente. Ele foi o primeiro trabalhador a receber a nova carteira, um ato simbólico.
O documento volta a ter capa azul (hoje a maioria é verde) e terá um código de barras impresso. O trabalhador continuará podendo retirar a nova carteira sem custo. Dentro de 60 a 90 dias, ele receberá em casa um cartão magnético, que na prática terá todos os dados que constam da carteira.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 290 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal