Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

25/04/2008 - Jornal A Tribuna Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Novo golpe faz mais de 50 vítimas

Por: Marcio Costa


A Associação de Defesa do Consumidor (Adecon) de Criciúma alerta a população sobre o golpe do contador de energia. Segundo o presidente do órgão, Gilberto Oenning, criminosos se apresentam às pessoas como empregados da Celesc e oferecem serviço de vistoria no medidor de energia cobrando uma taxa pela falsa manutenção. Só nas últimas semanas, mais de 50 consumidores procuraram a Adecon reclamando da fraude.

Oenning diz que os falsos empregados também oferecem serviço de manutenção na rede elétrica de residências com o objetivo de furtar objetos de valores e dinheiro. "Ao entrarem nas casas, segundo relato das vítimas, os golpistas aproveitam a oportunidade para furtar", conta o presidente. Os relatórios sobre o caso serão encaminhados à Justiça de Criciúma.

Funcionários são identificados por crachás e uniforme

A Celesc esclarece que todos os seus empregados ou empresas terceirizadas usam crachá de identificação e uniforme. Além disso, ninguém está autorizado a cobrar qualquer taxa em nome da empresa. As taxas são pagas via bancos ou a agentes arrecadadores - lotéricas e farmácias - junto às contas de energia elétrica, formalizadas por suas agências e postos de atendimento.

De acordo com Oenning, para não cair no golpe o consumidor deve exigir os crachás de identificação das pessoas que se apresentarem em nome da Celesc. "Não atenda falsos técnicos ou falsos vendedores. Atualmente existem vários golpes na praça como, por exemplo, o ‘golpe da almofadinha’, aplicado por falsos médicos e enfermeiros", alerta.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 409 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal