Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

22/04/2008 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Comissão irá ouvir médico legista sobre denúncia de corrupção nos serviços de medicina legal no RJ


BRASÍLIA - A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados (CDHM), realizará audiência pública amanhã para ouvir o médico legista e professor universitário Daniel Ponte, e o delegado de polícia civil, Alexandre Neto, sobre as denúncias de corrupção nos serviços de medicina legal e em outros órgãos da área de segurança pública do estado do Rio de Janeiro.

Daniel Ponte é médico legista e assumiu a vice-diretoria do Instituto Médico Legal do Rio de Janeiro em setembro de 2005. De lá para cá, segundo assessoria da CDHN, ele tem sido alvo de perseguição e ameaça de morte, pois, inconformado com a corrupção, o legista decidiu, a partir de registros documentais como fotos e gravações, denunciar os desmandos que encontrou no órgão que, em tese, deveria ser público.

Em sua denúncia, Ponte revela que funcionários do IML cobravam R$ 250 pela liberação dos corpos. Relata também o pagamento de propina das funerárias para os funcionários, roubo de material do instituto e fraudes com seguro de pessoas que morreram. O dossiê foi encaminhado à Corregedoria e à diversas autoridades do país, mas até o presente momento o caso não mereceu atenção das autoridades.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 307 vezes




Comentários


Autor e data do comentário: Daniel Ponte - 03/06/2009 03:02

Ninguem Foi Punido, Testemunhas Foram Mortas, o MPRJ é conivente e ate ajuda nos crimes da Policia.

Tive que Sair do RJ com minha mae, pois até ela foi ameacada de "Ser Morta em Falso Roubo"
A Universidade Estacio de Sá foi invadida por Policiais que nao se identificaram e ameacaram alunos para revelarem meu Paradeiro.
Sofri Tentativa de Execucao em Minha Residencia, Junto com minha mae, sendo Salvo pela PF,que chamei.

O Chefe de Policia Civil Gilberto da Cruz Ribeiro Cometeu Crime de Fraude Processual em mandado de Segurança Federal, O Juiz do caso, Dr. Lafredo Lisboa, Ficou inerte diante das peticoes da Advogada, O pai de Gilberto é Procuradordo MP-RJ, orgao que o Juiz Federal Lafredo Lisboa é Oriundo

A Politica do Govorno é massacrar quem denuncia a Corrupcao.

O Programa de Protecao a Testemunha Consiste em PRENDER a Testemunha e Deixar o Bandido Livre ...

NAO DENUNCIEM, se nao suas vidas e de seus familiares vao acabar... Nao Tenho Mais Vida, Vivo Preso dentro de casa para nao ser morto, distante de minha familia ....

Mas Faria Tudo Novamente....



O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal