Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

16/04/2008 - O Globo Online Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Investigação do FBI sobre fraude hipotecária afeta 19 empresas

Por: Randall Mikkelsen


WASHINGTON (Reuters) - A investigação do FBI sobre possíveis fraudes no setor norte-americano do financiamento imobiliário já atinge 19 empresas, pois duas novas entraram na lista de suspeitos neste mês, disse o diretor da agência policial, Robert Mueller, na quarta-feira ao Congresso.

Ele disse que as fraudes cometidas por pessoas físicas e jurídicas devem continuar crescendo, e que o FBI está transferindo agentes que normalmente se dedicavam a outros assuntos, como casos médicos.

"Tivemos um tremendo aumento nos casos relacionados à quebra das hipotecas 'subprime' [de risco]. Atualmente temos quase 1.300 casos, um crescimento exponencial nos últimos anos, e esperamos que cresça ainda mais", disse ele.

"Temos também 19 casos envolvendo as próprias instituições, nas quais a fraude hipotecária pode ter contribuído com declarações falsas e afins", disse Mueller a uma subcomissão de orçamento do Senado.

Fontes do FBI não quiseram identificar as novas empresas investigadas. Até agora, só o envolvimento da Doral Financial Corp. foi reconhecido.

Um ex-tesoureiro da Doral foi indiciado em março por fraude em investimentos. Ele negou as acusações, e a empresa não quis comentar.

A Countrywide, maior empresa norte-americana de financiamento imobiliário, também está sob investigação do FBI, segundo informações extra-oficiais de autoridades. A Countrywide disse não estar a par.

Quando o FBI revelou que havia uma investigação, grandes bancos de investimentos, como Goldman Sachs, Morgan Stanley e Bear Stearns, disseram que o governo havia solicitado informações, mas que não havia confirmação de envolvimento da agência policial.

Mueller acrescentou que o FBI também está analisando casos que envolvem hipotecas reversas (empréstimos pessoais com imóveis como garantia).

O diretor do FBI foi falar aos parlamentares sobre o orçamento da agência para o ano fiscal de 2009, que começa em 1. de outubro.

"Quando este orçamento foi montado, os casos de [fraudes com] hipotecas subprime não haviam crescido a um ponto em que pudéssemos ver o tamanho da onda, e não tenho certeza de que a esta altura possamos ver o tamanho da onda", afirmou.

Fontes do FBI haviam dito previamente que o principal alvo das investigações são pessoas com informações privilegiadas no setor e também funcionários de baixo escalão. Disseram ainda que os inquéritos podem durar anos.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 292 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal