Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

13/07/2006 - Portal Exame Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Mais Compras, Menos Fraudes


O índice de fraudes com cartões de crédito no Brasil é um dos menores do mundo, apesar do forte crescimento das transações. Segundo a Visa do Brasil, os pagamentos com seus cartões de crédito movimentaram 33 bilhões de reais no primeiro semestre deste ano, aumento de 22% em relação a 2005. Mesmo assim, o percentual de fraudes permaneceu em 0,3% do total, metade da média mundial da empresa. Segundo Eduardo Chedid, vice-presidente de produtos da Visa do Brasil, as recomendações são simples para evitar as fraudes: assine o cartão assim que o receber, evite deixá-lo na gaveta do escritório ou no porta-luvas do carro e só passe o número por telefone se você mesmo tiver realizado a chamada. Nas compras feitas pela internet, só use páginas seguras, que reduzem a probabilidade de os seus dados serem copiados, e mantenha também um registro preciso de suas transações financeiras para detectar problemas.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 358 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal