Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

13/04/2008 - Gazeta do Oeste Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Envolvidos foram soltos por falta de provas


A maior parte das oito pessoas detidas na tarde de sexta-feira e levada para a Delegacia de Plantão acusadas de envolvimento com o crime de estelionato na cidade de Mossoró estão recolhidas na Cadeia Pública Juiz Manoel Onofre de Souza. Segundo informações, num primeiro momento, três delas ao prestarem depoimentos, tornou-se constatado que eles não tinham nenhum envolvimento no caso. Entre todos, a complicação maior recai sobre a pessoa de Aldenira Georgina de Moura, 50 anos, considerada a mentora intelectual de uma série de golpes financeiros que foram aplicados recentemente no comércio de Mossoró e cidades da região.

As investigações em torno do caso, que deve se aprofundar a partir desta segunda-feira (14) vão ser coordenadas pelo bacharel Antônio Caetano Baumman de Azevedo que, ao ser inquirido sobre a atual situação, ele disse ainda ser cedo para tecer algum comentário sobre o assunto. "Vamos deixar as coisas caminharem", se precaver. Por outro lado, o delegado deixa entender que a quadrilha não é formada apenas pelas pessoas que foram presas na tarde de sexta-feira. Elas podem estar sendo usadas como 'testas-de-ferro' para uma outra facção, esta formada por gente mais experiente em crimes desta natureza.

Até agora, a mais implicada no caso é Aldenira Georgina que foi flagrada com três carteiras de identidade falsas, talões de cheque em nome destas pessoas e ainda cartões de crédito. A princípio ela foi indiciada por formação de quadrilha e falsidade ideológica.

Há 30 dias, o serviço da Segunda Sessão da Polícia Militar (SSPM) vinha investigando denúncias de que numa casa situada no conjunto Vingt Rosado e em outra no bairro Aeroporto era constante a movimentação de pessoas, com maior incidência no horário noturno. A busca de indícios foi se aprofundando e no início da tarde de sexta-feira, a polícia entrou em ação e acabou por deter quatro homens e quatro mulheres.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 287 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal