Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

11/04/2008 - O Diario do Norte do Paraná Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Empresário é acusado de estelionato

Por: Murilo Gatti


O ex-gerente de pátio do Auto Posto XXXX, Róbson Ricardo Biri, afirmou nesta sexta-feira que foi usado como ‘laranja’ em uma empresa fantasma, em Maringá, que tem uma dívida de R$ 549,9 mil em impostos com a Receita Federal.

Biri acusa o ex-patrão, XXXX, com quem diz ter trabalhado até o dia quatro de abril, de estelionato. Segundo Biri, XXXX fez ele e o irmão, Antônio Marcos Biri, que trabalhou no mesmo posto até quinta-feira, assinar os papéis para assumir a empresa, uma borracharia, há cerca de um ano.

“Erramos ao assinar um documento sem ler, mas foi por confiança. Só soube que a empresa estava em nosso nome há um mês, por meio de um office boy”, ressalta Biri, que registrou queixa na Polícia Civil de Maringá por estelionato.

“Ele (XXXX) sonegou o que pôde e deixou a firma cheia de dívidas com o INSS. A empresa foi colocada em um lugar que não existe e jogada no nome de um trouxa igual eu, que sempre trabalhei honestamente”, conta.

Biri declara que foi demitido após descobrir que foi usado como laranja. O ex-gerente também destacou que tentou negociar com XXXX para retirar a empresa do nome dele. Um documento datado de sete de abril seria a prova de que houve uma negociação.

O documento, que segundo Biri seria usado por XXXX para ser apresentado à Junta Comercial, seria a 20ª Alteração Contratual da empresa Comércio de Pneus XXXX Ltda, com o CNPJ XXXX/0001-59.

O documento foi assinado por Biri e o irmão e, segundo o ex-gerente, XXXX e XXXX também teriam assinado, juntamente com duas testemunhas que, de acordo com Biri, são funcionários do Auto Posto XXXX.

No documento, Biri e o irmão iriam transferir a empresa para o nome de XXXX e XXXX. Nesta sexta-feira, a reportagem teve acesso ao documento, mas não é possível afirmar se as assinaturas são verdadeiras.

O ex-gerente conta que decidiu denunciar o ex-patrão após XXXX ter apresentado queixa contra ele por uma sabotagem no posto de combustível para adulterar o reservatório de álcool.

“Ele (XXXX) acusou que eu adulterei, mas se alguém adulterou foi ele (XXXX) ou alguma outra pessoa. Eu jamais faria isto.”

Biri alega que não tem como provar se XXXX já adulterou combustível.

“O que posso dizer é que recentemente o Procon aplicou uma multa e os clientes reclamavam. Sei que o álcool sempre foi descarregado na parte de trás do posto, onde tem um cano por baixo da terra e vi, várias vezes, ocorrerem descarregamentos de álcool sem nota”, acusa.

XXXX não quis falar sobre o assunto, pois segundo o filho XXXX, ‘o pai teme pela vida’.

“O meu pai está com medo de tentar se defender e levar um tiro na cara.”

XXXX confirmou que o pai apresentou queixa na Delegacia Civil por sabotagem contra a empresa.

“Não sabemos quem foi que botou água no nosso combustível. A polícia vai investigar se foi ele (Biri) ou não.”

XXXX afirmou que a empresa lacrou a bomba assim que percebeu a sabotagem. “Não foi comercializado um litro.”


Notas do MdF: Artigo editado para atender pleito de pessoa nele mencionada em consequência de acordo judicial com o meio de impresa original.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 602 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal