Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

06/07/2006 - O Estado de São Paulo Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

PF prende quadrilha que falsificava cartões de bancos

Por: Brás Henrique


RIBEIRÃO PRETO - A Polícia Federal (PF), de Araraquara, na região de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, prendeu, na terça-feira, 4, em três cidades - São Paulo, Sumaré e Itajobi -, uma quadrilha que falsificava cartões de bancos. A operação "Conta Conjunta" durou cerca de nove meses. Cinco pessoas foram presas e uma está foragida. Segundo o delegado da PF, Nelson Edilberto Cerqueira, a quadrilha seria responsável, em um ano, por prejuízo de cerca de R$ 500 mil da Caixa Econômica Federal (CEF), em Araraquara, Matão e Taquaritinga.

Segundo o delegado Cerqueira, a quadrilha inseria nas máquinas de auto-atendimento chips com dois conectores: um leitor magnético e um do teclado. Depois, com os dados captados, retiravam e usavam, em computadores, para as reproduções dos cartões magnéticos dos clientes. Os saques oscilavam entre R$ 30 e R$ 3 mil em diversos estabelecimentos comerciais.

Foram cumpridos os mandados de prisões temporárias de dois homens e de prisões preventivas de outros três, além de nove mandados de buscas e apreensões. O organizador da quadrilha, Rubens Bersot, de 30 anos, que comprava os equipamentos de clonagem, foi detido em Itajobi. O primo de sua mulher, Irineu Zorzan, de São Paulo, era o seu auxiliar imediato. Clébio Bersot, sobrinho de Rubens, de Sumaré, mantinha os contatos com Fábio Raimundo Assunção, o único que está foragido. Assunção seria o responsável pelo aliciamento de vigilantes de quiosques de auto-atendimentos (instalações fora das agências bancárias).

José Clementino dos Santos, de São Paulo, era o intermediário na compra dos equipamentos eletrônicos e também financiava a quadrilha. O último integrante da quadrilha é Carlos Alberto de Lima, também de São Paulo, responsável pelo suporte técnico. Rubens Bersot e Zorzan foram indiciados por formação de quadrilha e estelionato. Os demais por formação de quadrilha. Santos ainda foi indiciado por porte ilegal de arma e de cédula falsa, pois em sua residência foram encontradas uma arma, munições e três cédulas falsas. Os cinco detidos estão na Cadeia de Rincão, no interior de São Paulo.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 569 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal