Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

02/04/2008 - Portugal Diário Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Rede comprava carros com documentos falsos


A PSP de Lisboa revelou esta quarta-feira ter desmantelado uma rede criminosa que realizava créditos fraudulentos para compra de viaturas. Os nove arguidos compravam documentos a toxicodependentes para depois os falsificarem, comprando assim vários carros. Nesta operação foram apreendidos 14 veículos e duas motas.

Em comunicado, a Polícia de Segurança Pública (PSP) anuncia que nesta operação de combate ao crime de burla, realizada segunda e terça-feira, foram efectuadas 14 buscas domiciliárias, três a stands de automóveis e duas a escritórios em Vialonga, Loures, Alverca, Forte da Casa e Quinta do Conde.

De acordo com a PSP, a operação «relâmpago» ocorreu após sete meses de investigação dependente do Departamento de Investigação e Acção Penal (DIAP). Esta rede era composta por um grupo que aliciava toxicodependentes a cederem os seus documentos pessoais a troco de dinheiro, falsificando-os depois.

Posteriormente, os suspeitos falsificavam outros documentos necessários aos pedidos de crédito, como recibos de vencimento, comprovativos de moradas e declarações de IRS.

Após a aprovação dos créditos fraudulentos, em várias instituições financeiras, eram adquiridas viaturas, maioritariamente de alta cilindrada e topo de gama, em stands de referência, as quais eram depois vendidas a terceiros por preços muito inferiores ao valor de mercado, acrescenta o comando metropolitano de Lisboa em comunicado.

Nesta operação foi detido um homem com 33 anos e outros oito - sete homens e uma mulher com idades compreendidas entre os 30 e 52 anos - foram constituídos arguidos.

Esta acção policial resultou também na apreensão e recuperação de 14 viaturas e dois motociclos de diversas marcas e modelo, tendo ainda sido confiscadas quatro caçadeiras de calibre .12 e 106 cartuchos do mesmo calibre, de material informático utilizado na falsificação de documentos e documentação relacionada com os créditos em investigação.

Esta operação contou com a colaboração da GNR, através do Núcleo de Investigação Criminal de Vialonga, duas equipas de Operações Especiais e ainda de dois Pelotões do Batalhão Operacional, refere a polícia.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 285 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal