Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

28/03/2008 - Bom Dia Sorocaba Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Da cadeia, presos voltam a aplicar o golpe do celular

Por: Mayco Geretti


O golpe da clonagem de telefones celulares através de falsas promoções por torpedos (mensagens instantâneas de texto) continua bombardeando Sorocaba. Pelo menos 12 pessoas foram vítimas neste ano. No esquema, presos enviam mensagens que dizem que o dono do aparelho ganhou prêmios. O aviso serve como isca para que a vítima entre em contato com criminosos, que na maioria das vezes operam o golpe de dentro de penitenciárias de todo o país.

Nos golpes contra sorocabanos, os nomes do SBT (Sistema Brasileiro de Televisão), Nestlé e Carrefour são ligados às falsas promoções para dar aspecto de veracidade ao golpe. A colunista Jak Catena, do BOM DIA, recebeu um desses torpedos neste mês. A mensagem dizia que ela teria ganho um carro Citröen C3 e um bônus de R$ 4 mil. Para retirar o prêmio, teria que ligar para um telefone de informação de prefixo 11. “Conhecia o golpe e, logo de cara, ignorei a mensagem.”

Ganância

O delegado seccional André Moron afirma que uma vez que retorna o contato, o dono do celular tem seu aparelho clonado. Dessa forma, seu número será usado em outro telefone, que normalmente está em poder de criminosos nas cadeias. “Muitas pessoas caem no golpe pela cobiça de ganhar prêmios que vêm fácil.”

Segundo o engenheiro eletrônico Jonas Padilha, a clonagem se deve a brechas no sistema de segurança das operadoras e ao descuido dos usuários. “Se passando por atendente da promoção, os golpistas induzem a vítima a digitar uma seqüência numérica no teclado do celular. O usuário acha que está digitando a senha que liberará o prêmio, mas na verdade está desbloqueando o aparelho para que ele seja clonado.”

Embora após a clonagem existam dois aparelhos funcionando com o mesmo número, apenas o proprietário da linha recebe a conta no final do mês, inclusive com o valor das ligações feitas pelos criminosos.


Vítima recebeu conta de R$ 2,5 mil

O marceneiro sorocabano K.R.D., de 32 anos e que prefere não se identificar por medo de represálias de criminosos, caiu no golpe da clonagem em 2007.

Ele conta que ficou curioso ao receber o aviso de que havia ganho uma casa, mas não acha que a ganância o motivou a ser uma das vítimas. O resultado do golpe veio no final do mês, quando a conta que usualmente girava em torno de R$ 50, atingiu R$ 2,5 mil.

“Só se tivesse sangue de barata para receber uma mensagem dizendo que ganhei uma casa e não precisava fazer nada. Jamais tinha ouvido falar desse golpe.”

Ele explica que ligou para o telefone que constava na mensagem para tentar esclarecer o que estava acontecendo. “Não saí pulando e comemorando, mas não iria descansar enquanto não conferisse”, relembra.

O marceneiro foi atendido por um homem educado, que não levantou suspeita.

Após registrar um boletim de ocorrência e comunicar o ocorrido à operadora Telefonica, ele conseguiu ser isentado de pagar o excedente de sua conta.

Sem prêmios

As assessorias de Nestlé e Carrefour, que são empresas que têm suas marcas usadas pelos criminosos, esclarecem que não realizam qualquer tipo de premiação via torpedo de celular.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 215 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal