Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

25/03/2008 - Última Hora News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Justiça confirma falsificação em certidões na Al/RJ

Por: Alfredo Junqueira e Ricardo Villa Verde


Rio - Análise preliminar feita pela Corregedoria-Geral do Tribunal de Justiça (TJ) confirmou denúncia feita ontem por O DIA de que a quadrilha que fraudava o auxílio-educação na Assembléia Legislativa falsificou mais certidões de nascimento e ‘inventou’ pelo menos outras três crianças.

A Divisão de Fiscalização Extrajudicial fará uma devassa no Cartório de Registro Civil das Pessoas Naturais do 5º Distrito de Magé e cruzar informações com os registros do hospital municipal. São esses os locais que constam nas certidões de Alan, Ailton e Aline Reis Maia, os filhos fictícios atribuídos a Rosangela da Conceição Tavares Reis — ‘fantasma’ lotada no gabinete da deputada Jane Cozzolino (PTC). Rosangela tem quatro filhos, mas existem sete auxílios-educação em seu nome na Alerj.

“Vamos ao cartório e ao hospital cruzar os dados. Esse caso também será investigado. É muito grave”, disse o corregedor-geral do TJ, desembargador Luiz Zveiter, referindo-se a outra falsificação, ocorrida em Cachoeiras de Macacu, no qual foi ‘inventado’ o oitavo filho de Ruth Martins Conceição — mãe de sete crianças e vítima de fraude no gabinete do deputado Tucalo Dias (PSC).

O presidente do Conselho de Ética da Alerj, Paulo Melo (PMDB), apontou outro indício de fraude. Enquanto as certidões verdadeiras trazem Rogério Maia como pai das crianças, os documentos falsos apontam um homem de nome Rodrigo Maia como pai e declarante.

O cartório disse que os documentos são falsos e negou envolvimento. Segundo a funcionária Daiane Ferreira, os nomes das três crianças apresentadas como filhos de Rosangela não constam no cadastro.

O presidente da Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Rio, Cláudio Almeida, informou que os responsáveis por cartórios querem ajudar a fechar o cerco contra os fraudadores. “Não compactuamos com isso”, disse Almeida, que era o responsável pelo cartório de Mauá no período em que constam os registros de nascimentos dos filhos fictícios de Rosangela.

VÍTIMAS ENDIVIDADAS DEPÕEM

Três vítimas do golpe das contratações de ‘fantasmas’na Alerj prestaram depoimento ontem no Ministério Público (MP), no Centro do Rio. Intimados a comparecer, o catador de papel Juliano Pacheco Campos e as donas-de-casa Simone dos Santos Souza e Liete da Conceição Martins — nomeados sem saber no gabinete da deputada Renata do Posto (PTB) — chegaram ao MP escoltados por pessoas ligadas à parlamentar e demonstrando preocupação.

Juliano e Simone saíram após cinco horas de depoimentos. Depois foi a vez de Liete, que entrou no prédio com um advogado e um dos sete filhos no colo. Segundo fontes ligadas ao MP, as vítimas teriam dito que trabalhavam para a deputada. Porém, admitiram que nunca exerceram nenhuma função no gabinete da parlamentar na Alerj.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 248 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal