Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

19/03/2008 - Último Segundo / EFE Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Descoberta rede que falsificava em Barcelona obras


Chicago (EUA.), 19 mar (EFE) - O procurador federal Patrick J.

Fitzgerald anunciou hoje o desmantelamento de uma organização internacional que vendia, nos Estados Unidos, falsificações de artistas famosos produzidas na Espanha e na Itália.

Dezenas de gravuras e pinturas assinadas supostamente por Pablo Picasso, Salvador Dalí, Joan Miró, Marc Chagall, Roy Lichtenstein e Andy Warhol foram exibidas aos jornalistas em entrevista coletiva realizada na Procuradoria.

Todas eram falsificações, copiadas de originais em alguns casos e, em outros, gravuras e litografias reproduzidas a partir de moldes feitos por artistas famosos e que acreditava-se que tinham sido destruídos.

Fitzgerald foi acompanhado do comissário Antoni Permanyer, chefe de investigação da Polícia da Catalunha, que foi a Chicago de Barcelona para participar da investigação internacional que demandou dois anos e contou com um desdobramento de vários grupos policiais.

Permanyer disse à Agência Efe que a Polícia catalã deteve oito pessoas na Espanha, sendo seis espanhóis, um francês e um italiano, cujas identidades ainda não foram reveladas.

Eles eram os encarregados de imprimir e distribuir falsificações "de muito boa qualidade", disse, que talvez não enganassem um perito, mas foram vendidas em Estados Unidos, Canadá, Austrália, Europa e Japão para mais de mil pessoas, por um total de US$ 5 milhões.

As vendas eram realizadas em galerias de arte e em leilões do eBay, cujas autoridades, da mesma forma que a empresa Paypal, que é usada mundialmente para pagar compras pela Internet, colaboraram com os investigadores.

Permanyer disse que, em operações realizadas em Barcelona, a Polícia apreendeu mil litografias falsas que estavam a ponto de ser despachadas ao mercado americano.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 195 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal