Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

14/03/2008 - G1 Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Advogada é presa suspeita de golpe a empresário


Uma advogada foi presa na quinta-feira (13) sob suspeita de aplicar um golpe em um empresário com dívidas de R$ 3 milhões com a Receita Federal. Segundo a polícia, ela usava documentos falsos com nome e registro na Ordem dos Advogados do Brasil.

Segundo o delegado Fernando Vilapouca, da Delegacia de Defraudações (DDEF), Roberta Lioi Vieira, de 38 anos, é advogada com registro na OAB. Para aplicar o golpe, ela se apresentava como Roberta Siqueira Campos de Gusmão e com outra carteira da Ordem.
Roberta foi contratada pelo empresário para negociar o pagamento da dívida. Ela apresentou cópias do Diário Oficial da União e uma Guia da Receita Federal, mostrando que a dívida teria sido parcelada em 500 meses.

Documentação falsa

Segundo Vilapouca, a documentação toda era falsa. A advogada quando foi presa já havia recebido R$ 281 mil da empresa. O empresário desconfiou da ação, e Roberta foi presa em flagrante quando iria receber outra parte do pagamento.

Roberta Lioi vai responder por estelionato, uso de documento falso e falsidade ideológica. Se for condenada por esse três crimes, ela poderá pegar até 17 anos de prisão.

O delegado acredita que a presa possa ter feito outras vítimas e não teria agido sozinha. “Pelo menos quatro pessoas estão sendo investigadas com participação efetiva, tanto elaborando documentos falsos, como descontando cheques provenientes do golpe.”

Procurada, Roberta informou que só irá falar em juízo. Ela está presa na Polinter e será transferida para o presídio Nelson Hungria. A polícia pede que outras empresários que possam ter sido vítimas da advogada que se apresentem na delegacia.

Regras de parcelamento

A assessoria de imprensa da Receita Federal informou que a regra geral de parcelamentos chega a, no máximo, 60 meses. Em alguns casos específicos, os números de parcelas pode ser maior e variar entre 120 e 240 vezes. A Receita alerta que o contribuinte deve procurar se informar pelo site da instituição (www.receita.fazenda.gov.br).

O presidente do Tribunal de Ética e Disciplina da Ordem dos Advogados do Brasil, seção Rio de Janeiro (OAB/RJ), Paulo Saboya, informou que vai se inteirar das acusações contra a advogada e, caso se comprovem, poderá suspender preventivamente o seu registro profissional.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 1202 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal