Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

16/06/2006 - Amazônia Jornal Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Suspeito de golpe vai para o xadrez


Um homem acusado de estelionato foi preso pela viatura 1270, comandada pelo sargento Édimo Coelho, lotada no policiamento turístico. O sargento apresentou Honório Ferreira, de 59 anos, na Central de Flagrantes, às 23 horas de ontem.

Ele vendeu duas passagens em um vôo da Varig para o Estado do Amapá ao casal Rosa Mesquita de Oliveira, de 64 anos, e José Rosa de Oliveira Filho, de 71. Pelas passagens o casal de idosos pagou R$ 320,00 e não recebeu nenhum documento que garantisse o acesso deles ao avião.

Rosa e José estavam indo para Macapá fazer uma visita para o filho deles que reside naquela cidade. Ele vieram da cidade de Presidente Médici, no Estado do Maranhão, onde moram. Em Belém desembarcaram às 16 horas e decidiram ir de avião para chegar mais rápido ao destino.

Quando desembarcaram no terminal foram abordados por Honório, que trabalha como corretor de passagens na empresa Macamazon, que vende no terminal rodoviário passagens para viagens de barco. Honório disse ao casal que também vendia passagem aérea e que um carro iria levá-los ao aeroporto, onde se encontrariam com um senhor identificado por 'Luizinho'. Dona Rosa desconfiou que estava sendo lesada, mas Honório garantiu que estaria tudo certo.

Depois de três horas esperando, Honório providenciou uma Kombi para levar o casal ao aeroporto e disse para Rosa e José procurarem Luizinho no portão A.

Ao chegarem no aeroporto, no local indicado, Luizinho estava lá. Ele pagou R$ 10,00 para o dono da Kombi, que já havia recebido R$ 10,00 de Honório no terminal. Depois de tratar muito bem o casal, Luizinho mostrou a seu José onde eles embarcariam e desapareceu. Antes do embarque, dona Rosa quis saber por onde seria o embarque. Uma pessoa informou a ela que era preciso fazer o check-in no balcão da companhia. A moça que a atendeu constatou que ela e seu marido tinham sido enganados. A própria atendente da Varig chamou os policiais e comunicou o fato. Dona Rosa contou toda a história ao sargento Édimo, que a acompanhou ao terminal e conseguiu prender Honório, que acusa Luizinho pelo golpe.

Ontem, a delegada Izabel Cristina Chaves ainda ouviu em depoimento o senhor Ivaldo José Mendes Ramos, de 46 anos, que também foi lesado por Luizinho, e vai servir de testemunha no auto de flagrante lavrado contra Honório. Os policias estão à procura do estelionatário que atua no aeroporto e no terminal rodoviário, local onde seduz os corretores de passagens com comissões de até R$ 100,00. Os corretores ganham nas empresas de viagem, por cada passageiro conquistado, entre R$ 20,00 e R$ 30,00. Honório foi autuado em flagrante pelo crime de estelionato.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 413 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal