Monitor das Fraudes - O primeiro site lusófono sobre combate a fraudes, lavagem de dinheiro e corrupção
Monitor das Fraudes

>> Visite o resto do site e leia nossas matérias <<

CLIPPING DE NOTÍCIAS


Acompanhe nosso Twitter

10/03/2008 - Campo Grande News Escrever Comentário Enviar Notícia por e-mail Feed RSS

Angolano preso com dólar falso foi autuado por 2 crimes

Por: Nadyenka Castro


O angolano Leopoldino Henriques da Conceição, 30 anos, preso na madrugada deste domingo pela PRF (Polícia Rodoviária Federal) com dólares falsos, foi autuado em flagrante pela PF (Polícia Federal) por dois crimes.

Ele responderá inquérito por uso de documento falso – por falsificar dólares – e por usar documento falso, já que apresentou visto de permanência no Brasil em nome de outra pessoa.

O angolano vivia clandestinamente no Brasil há cerca de um ano. Morador de São Paulo, ele não tinha autorização para viver no País. A PF também iniciou o processo de expulsão dele, que só poderá deixar o Brasil após cumprir a pena pelos crimes praticados.

Leopoldino, que não tem antecedentes criminais, permanecerá preso em Campo Grande.

Ele foi flagrado pela PRF com 33 mil papéis pretos que seriam usados para aplicar o golpe conhecido como “dólar preto” em Mato Grosso. Com ele também foi encontrado reagente químico e documento falso timbrado dos Estados Unidos.

O golpe do “dólar preto” é quase sempre explicado ás vítimas da mesma maneira. O golpista diz que tem determinada quantia em dólar e gostaria de vender. Geralmente o preço é bem abaixo do valor supostamente existente.

Eles dizem que os papéis pretos são uma remessa do governo americano para a África ou aliados, produzido desta forma para não chamar a atenção, sendo que com a aplicação de um produto químico se transforma em dólar.

Os golpistas colocam algumas notas verdadeiras para fazer o teste na presença das vítimas para convence-las de que se trata de um ótimo negócio.

Página principal do Clipping   Escreva um Comentário   Enviar Notícia por e-mail a um Amigo
Notícia lida 264 vezes




Comentários


Nenhum comentário até o momento

Seja o primeiro a escrever um Comentário


O artigo aqui reproduzido é de exclusiva responsabilidade do relativo autor e/ou do órgão de imprensa que o publicou (indicados na topo da página) e que detém todos os direitos. Os comentários publicados são de exclusiva responsabilidade dos respectivos autores. O site "Monitor das Fraudes" e seus administradores, autores e demais colaboradores, não avalizam as informações contidas neste artigo e/ou nos comentários publicados, nem se responsabilizam por elas.


Patrocínios




NSC / LSI
Copyright © 1999-2016 - Todos os direitos reservados. Eventos | Humor | Mapa do Site | Contatos | Aviso Legal | Principal